NAS AULAS DOS GUERREIROS A GRANDE ESTRELA É O FREVO!

Veja algumas imagens e tire suas próprias conclusões.

UNIÃO ENTRE PASSISTAS, É POSSÍVEL?

OPINIÃO. Fala-se muito da necessidade de ver um dia a tão esperada união entre os passistas de frevo.

A FORÇA DA CAMISA AZUL

Nas aulas do Projeto Frevo na Praça, já foi possível observar que os professores dos Guerreiros do Passo, utilizam nos seus encontros semanais no bairro do Hipódromo...

MAX LEVAY REGISTRA OS GUERREIROS DO PASSO

O pernambucano Max Levay, profissional de reconhecido talento da arte da fotografia, fez um bonito registro dos Guerreiros do Passo no último mês de março. O artista produziu...

FOCO NO APRENDIZADO

Hoje em dia a busca por um melhor condicionamento na arte desenvolvida pelos famosos passistas de frevo, tem levado alguns praticantes a sair por ai pulando de aula em aula...

News - Camisas com a marca do grupo estão à venda por R$20 reais. / Site dos Guerreiros ultrapassa 300 mil visitas. / VOCÊ GOSTOU DO SITE? JÁ PARTICIPOU DE ALGUMA ATIVIDADE NOSSA? TEM ALGUMA SUGESTÃO? COMENTE, MANDE SUA MENSAGEM POR E-MAIL OU PELAS REDES SOCIAIS. DÊ SUA OPINIÃO E NOS AJUDE A APRIMORAR NOSSAS AÇÕES COM O FREVO. CERTAMENTE ISSO NOS AJUDARÁ BASTANTE A ENRIQUECER TODO O TRABALHO. OBRIGADO!

Guerreiros no 14° Festival Internacional de Dança

O Guerreiros do Passo vai fazer parte do 14º Festival Internacional de Dança do Recife que será realizado entre os dias 23 e 31 de outubro de 2009.
Nesta edição, o festival fará um tributo ao Mestre Nascimento do Passo que faleceu recentemente na capital pernambucana. A justa homenagem será uma forma dos organizadores do festival reconhecerem o trabalho deixado pelo Mestre e toda sua contribuição para a dança do frevo.
Vai ser a primeira vez que os Guerreiros se apresentarão num evento internacional, e desde já, conta com algumas novidades para sua participação.

São elas:
As aulas de frevo que os Guerreiros mantêm na Praça do Hipódromo, entrarão no festival abrindo e fechando o mesmo, fazendo parte das atividades de cursos e oficinas. Estas oficinas serão realizadas nos sábados, dias 24 e 31 de outubro. Estes dois dias se integrarão ao evento, tornando o ambiente de trabalho dos Guerreiros numa opção de estudos e aprimoramento de dançarinos das mais diversas companhias participantes e de todos os interessados na metodologia criada pelo Mestre Nascimento do Passo.

O outro evento, que fez parte de uma sugestão do próprio grupo, levará o experimento dos Guerreiros, que narra a origem do frevo, para o centro do Recife, na Praça da Independência (Praça do Diário). Esta Praça é conhecida na história do carnaval como o Quartel General do Frevo. Toda a simbologia do lugar foi primordial para a proposta de realização desta apresentação, pois, o experimento, explora os caminhos por onde o frevo percorreu nestes mais de cem anos de existência, e claro, tem tudo a ver com a energia do local. Desde a sua criação esta montagem tem recebido diversos elogios de especialistas no assunto e do público geral.

Uma outra apresentação será no bairro de Brasília Teimosa, zona sul do Recife, na Escola Assis Chateaubriand, escola que é conhecida por ser um foco de resistência artística e cultural na comunidade.

Abaixo estão os dias e os horários das apresentações.

Desde já os Guerreiros agradecem aos organizadores do festival, especialmente a Arnaldo Siqueira e Viviane Bezerra.

Serviço:
- Experimento : O Frevo
Local: Escola Estadual Assis Chateaubriand
Rua Francisco Valpassos, s/n - Brasília Teimosa, Recife.
Dia: 28/10/2009 - Horário: 16:30 horas.
#############################
- Experimento: O Frevo
Local: Praça da Independência (Praça do Diário) - Centro do Recife
Dia: 29/10/2009 - Horário: 15 horas;

- Oficinas: Aulas de frevo
Local: Praça Tertuliano Feitosa (Praça do Hipódromo) – Recife
Dias: 24 e 31 de outubro de 2009 – Horário: 15 horas
####################################################################

PROFESSOR DO JAPÃO ESTUDA OS GUERREIROS

Esteve recentemente na nossa cidade, para a realização de estudos sobre a dança do frevo e sobre o carnaval pernambucano, o Professor de Educação Física Chikashi Kambe, da Tokyo Gakugai University, universidade situada na cidade de Tókio, Japão.
Não é a primeira vez que o educador japonês vem ao Brasil, ele inclusive já conhecia o Mestre Nascimento do Passo, onde, no ano de 2003, realizou estudos sobre o carnaval que serviu de subsídio para a composição de uma monografia sobre o tema, e que foi publicada na Revista da Academia de Antropologia do Esporte do Japão, no ano de 2008.
O professor esperava ainda se encontrar com o Mestre Nascimento do Passo, mas, infelizmente, presenciou seus últimos dias de vida, chegando até a visitá-lo no hospital em que estava internado.
 
Desta vez, o motivo de sua vinda ao nosso país tem a pretensão de juntar informações para compor em breve sua tese de doutorado na universidade da qual faz parte.

Quanto a sua pesquisa, o professor acompanhou de perto as atividades realizadas pelos professores do Guerreiros do Passo no bairro do Hipódromo, e também, demonstrou grande interesse acerca da Troça Carnavalesca Mista O Indecente, agremiação mantenedora do grupo. Chikashi Kambe obteve os primeiros conhecimentos sobre os Guerreiros do Passo e da Troça O Indecente quando ainda estava no Japão, o que foi possível através deste site.

Nos sábados 5 e 12 de setembro Chikashi acompanhou as aulas de frevo na Praça do Hipódromo, registrou as oficinas, analisou o Método de Ensino criado por Nascimento do Passo e fez parte da aula, participou inclusive da tradicional roda. O professor realizou entrevistas com Eduardo Araújo e Gil Silva, e os indagou sobre os diversos aspectos do nosso carnaval e dos trabalhos desenvolvidos pelos dois no Guerreiros do Passo e na Troça O Indecente. Por sugestão de Eduardo Araújo, o professor ampliou seus estudos com uma visita à sede do Clube Carnavalesco Os Inocentes, do bairro da Mustardinha, Recife, o qual é dirigido pelo competente compositor Geraldo Silva. É preciso lembrar que Geraldo é o autor do Frevo de Rua Indecente, composto em homenagem a Troça O Indecente.

Na cidade de Olinda, pela primeira vez, o professor teve a oportunidade de assistir ao ensaio da Orquestra de frevo do Maestro Oséas, podendo comprovar a qualidade dos seus músicos.
Estendendo sua investigação sobre o frevo, Chikashi Kambe teve acesso à monografia da arte-educadora Lucélia Albuquerque de Queiroz, que aborda como estudo de caso o Guerreiros do Passo. A monografia é o resultado da conclusão da Pós-graduação de Lucélia Albuquerque no Curso de Especialização em Cultura Pernambucana da Faculdade FAFIRE do Recife, que foi defendida em maio de 2009.

Os Guerreiros do Passo sentem-se felizes pela oportunidade de poder expor ao professor Chikashi Kambe todo o trabalho, e certamente, será mais um impulso para continuar desenvolvendo as ações culturais em prol do frevo e do passo.

O retorno do professor ao Japão aconteceu no dia 17 de setembro de 2009

REUNIÃO SOBRE HOMENAGEM

Representantes do Guerreiros do Passo participam de reunião nesta sexta-feira, dia 11 de setembro, com o Secretário de Cultura Renato L. para discutir sobre a homenagem proposta da Prefeitura do Recife ao Mestre Nascimento do Passo no carnaval 2010.
Os Guerreiros colocarão suas idéias sobre o assunto e defenderão antes de qualquer coisa, uma postura de retratação por parte do órgão municipal sobre os tratamentos que em vida Nascimento do Passo recebeu da Gestão João Paulo do PT.

Lançado CD com frevo da Troça O Indecente

A Troça O Indecente comemora a gravação e o lançamento do seu frevo de rua, “INDECENTE”. A composição de Geraldo Silva com arranjos de Edson Cunha faz parte do recente trabalho do reconhecido e prestigiado Maestro Mendes.

Mendes e Sua Orquestra é o CD que reúne 16 frevos-de-rua. Na sua maioria, composições inéditas.

Lançado neste mês de janeiro de 2009, o álbum de excelente qualidade, vem consolidar o nome da Troça O Indecente na galeria das agremiações festejadas pelos compositores pernambucanos.
Segundo Eduardo Araújo, presidente da troça, a gravação do frevo é o resultado do esforço para manter vivo um dos mais importantes elementos do carnaval de Rua do Recife. “Confesso que quando o frevo foi feito, em 2007, cheguei a falar com alguns maestros na tentativa de gravá-lo mas, não consegui. Nosso desejo em ver a música gravada era tão grande que, creio, ser o universo o responsável, e, quem conspirou decisivamente para isso acontecer.

O Maestro Mendes conheceu a composição através do seu compositor, Geraldo Silva, e, ao ver a partitura, gostou, falando que certamente o gravaria.
O trabalho busca ser mais um estimulo para os amantes do carnaval conhecer os novos frevos e os seus autores atuais”.

O álbum recebeu o apoio da Prefeitura do Recife, através da Fundação de Cultura.