NAS AULAS DOS GUERREIROS A GRANDE ESTRELA É O FREVO!

Veja algumas imagens e tire suas próprias conclusões.

UNIÃO ENTRE PASSISTAS, É POSSÍVEL?

OPINIÃO. Fala-se muito da necessidade de ver um dia a tão esperada união entre os passistas de frevo.

A FORÇA DA CAMISA AZUL

Nas aulas do Projeto Frevo na Praça, já foi possível observar que os professores dos Guerreiros do Passo, utilizam nos seus encontros semanais no bairro do Hipódromo...

MAX LEVAY REGISTRA OS GUERREIROS DO PASSO

O pernambucano Max Levay, profissional de reconhecido talento da arte da fotografia, fez um bonito registro dos Guerreiros do Passo no último mês de março. O artista produziu...

FOCO NO APRENDIZADO

Hoje em dia a busca por um melhor condicionamento na arte desenvolvida pelos famosos passistas de frevo, tem levado alguns praticantes a sair por ai pulando de aula em aula...

News - Camisas com a marca do grupo estão à venda por R$20 reais. / Site dos Guerreiros ultrapassa 300 mil visitas. / VOCÊ GOSTOU DO SITE? JÁ PARTICIPOU DE ALGUMA ATIVIDADE NOSSA? TEM ALGUMA SUGESTÃO? COMENTE, MANDE SUA MENSAGEM POR E-MAIL OU PELAS REDES SOCIAIS. DÊ SUA OPINIÃO E NOS AJUDE A APRIMORAR NOSSAS AÇÕES COM O FREVO. CERTAMENTE ISSO NOS AJUDARÁ BASTANTE A ENRIQUECER TODO O TRABALHO. OBRIGADO!

PROFESSOR DO JAPÃO ESTUDA OS GUERREIROS

Esteve recentemente na nossa cidade, para a realização de estudos sobre a dança do frevo e sobre o carnaval pernambucano, o Professor de Educação Física Chikashi Kambe, da Tokyo Gakugai University, universidade situada na cidade de Tókio, Japão.
Não é a primeira vez que o educador japonês vem ao Brasil, ele inclusive já conhecia o Mestre Nascimento do Passo, onde, no ano de 2003, realizou estudos sobre o carnaval que serviu de subsídio para a composição de uma monografia sobre o tema, e que foi publicada na Revista da Academia de Antropologia do Esporte do Japão, no ano de 2008.
O professor esperava ainda se encontrar com o Mestre Nascimento do Passo, mas, infelizmente, presenciou seus últimos dias de vida, chegando até a visitá-lo no hospital em que estava internado.
 
Desta vez, o motivo de sua vinda ao nosso país tem a pretensão de juntar informações para compor em breve sua tese de doutorado na universidade da qual faz parte.

Quanto a sua pesquisa, o professor acompanhou de perto as atividades realizadas pelos professores do Guerreiros do Passo no bairro do Hipódromo, e também, demonstrou grande interesse acerca da Troça Carnavalesca Mista O Indecente, agremiação mantenedora do grupo. Chikashi Kambe obteve os primeiros conhecimentos sobre os Guerreiros do Passo e da Troça O Indecente quando ainda estava no Japão, o que foi possível através deste site.

Nos sábados 5 e 12 de setembro Chikashi acompanhou as aulas de frevo na Praça do Hipódromo, registrou as oficinas, analisou o Método de Ensino criado por Nascimento do Passo e fez parte da aula, participou inclusive da tradicional roda. O professor realizou entrevistas com Eduardo Araújo e Gil Silva, e os indagou sobre os diversos aspectos do nosso carnaval e dos trabalhos desenvolvidos pelos dois no Guerreiros do Passo e na Troça O Indecente. Por sugestão de Eduardo Araújo, o professor ampliou seus estudos com uma visita à sede do Clube Carnavalesco Os Inocentes, do bairro da Mustardinha, Recife, o qual é dirigido pelo competente compositor Geraldo Silva. É preciso lembrar que Geraldo é o autor do Frevo de Rua Indecente, composto em homenagem a Troça O Indecente.

Na cidade de Olinda, pela primeira vez, o professor teve a oportunidade de assistir ao ensaio da Orquestra de frevo do Maestro Oséas, podendo comprovar a qualidade dos seus músicos.
Estendendo sua investigação sobre o frevo, Chikashi Kambe teve acesso à monografia da arte-educadora Lucélia Albuquerque de Queiroz, que aborda como estudo de caso o Guerreiros do Passo. A monografia é o resultado da conclusão da Pós-graduação de Lucélia Albuquerque no Curso de Especialização em Cultura Pernambucana da Faculdade FAFIRE do Recife, que foi defendida em maio de 2009.

Os Guerreiros do Passo sentem-se felizes pela oportunidade de poder expor ao professor Chikashi Kambe todo o trabalho, e certamente, será mais um impulso para continuar desenvolvendo as ações culturais em prol do frevo e do passo.

O retorno do professor ao Japão aconteceu no dia 17 de setembro de 2009