NAS AULAS DOS GUERREIROS A GRANDE ESTRELA É O FREVO!

Veja algumas imagens e tire suas próprias conclusões.

UNIÃO ENTRE PASSISTAS, É POSSÍVEL?

OPINIÃO. Fala-se muito da necessidade de ver um dia a tão esperada união entre os passistas de frevo.

A FORÇA DA CAMISA AZUL

Nas aulas do Projeto Frevo na Praça, já foi possível observar que os professores dos Guerreiros do Passo, utilizam nos seus encontros semanais no bairro do Hipódromo...

MAX LEVAY REGISTRA OS GUERREIROS DO PASSO

O pernambucano Max Levay, profissional de reconhecido talento da arte da fotografia, fez um bonito registro dos Guerreiros do Passo no último mês de março. O artista produziu...

FOCO NO APRENDIZADO

Hoje em dia a busca por um melhor condicionamento na arte desenvolvida pelos famosos passistas de frevo, tem levado alguns praticantes a sair por ai pulando de aula em aula...

News - Camisas com a marca do grupo estão à venda por R$20 reais. / Site dos Guerreiros ultrapassa 300 mil visitas. / VOCÊ GOSTOU DO SITE? JÁ PARTICIPOU DE ALGUMA ATIVIDADE NOSSA? TEM ALGUMA SUGESTÃO? COMENTE, MANDE SUA MENSAGEM POR E-MAIL OU PELAS REDES SOCIAIS. DÊ SUA OPINIÃO E NOS AJUDE A APRIMORAR NOSSAS AÇÕES COM O FREVO. CERTAMENTE ISSO NOS AJUDARÁ BASTANTE A ENRIQUECER TODO O TRABALHO. OBRIGADO!

Frevo DONA LUCÉLIA

Finalmente disponibilizamos aqui o vídeo da primeira audição do frevo-de-rua Dona Lucélia. A composição é uma homenagem à personagem que a dançarina Lucélia Albuquerque, integrante dos Guerreiros do Passo, representa nas apresentações do grupo. Nas linhas melódicas do frevo, podemos perceber uma certa nostalgia e um imenso número de sensações que envolvem o ouvinte pela necessidade de espaço, instigando-o a não querer parar de dançar. O vídeo foi gravado no Gremio Muisical Henrique Dias, nos 4 Cantos em Olinda. A maravilhosa orquestra do Maestro Oséas foi a responsável pela interpretação.O frevo tem composição de Geraldo Silva com arranjos de Edson Cunha.
A atuação de Lucélia tem grande repercussão nas apresentações do grupo, e a forma perfeita como ela representa a personagem, é o segredo do seu sucesso.

Integrante dos Guerreiros do Passo recebe frevo

Lucélia recebe partitura de Geraldo Silva
acompanhado por Fernando Zacaria
Neste último sábado, dia 30 de outubro, a integrante dos Guerreiros do Passo Lucélia Albuquerque recebeu das mãos do compositor Geraldo Silva, em encontro na Praça do Hipódromo, a partitura do frevo de rua feito em sua homenagem.
Chamado de Dona Lucélia, este frevo é um tributo do compositor à personagem que Lucélia vem desenvolvendo há alguns anos com o grupo de dança Guerreiros do Passo, em seu conhecido experimento intitulado O Frevo. A personagem que esta dançarina representa é uma típica foliã de rua, figura caracterizada das primeiras décadas do século XX. A atuação de Lucélia tem grande repercussão nas apresentações do grupo, e a forma perfeita como ela representa a personagem, é o segredo do seu sucesso. O jornal O PASSO já havia noticiado esta informação, mencionado-a em 01 de setembro deste ano (data da publicação).
O autor do frevo, Geraldo Silva, presidente do Clube Os INOCENTES do bairro da Mustardinha, é um compositor da atual safra de bons compositores carnavalescos do Recife, com inúmeros frevos já gravados em CD. Os arranjos de Dona Lucélia são do competente e admirável Edson Cunha.

A partir de agora, o frevo de Lucélia se integrará ao acervo da Troça Carnavalesca Mista O Indecente, agremiação que já mantém um frevo de rua do mesmo autor chamado INDECENTE. Este frevo foi gravado em CD pela Orquestra do Maestro Mendes em 2009.

A homenagem a esta dançarina promete não parar por ai. Dona Lucélia tem tudo para ser gravado em disco, e o Maestro Oséas, de Olinda, irá receber a partitura nos próximos dias, podendo ser ensaiado e executado nas ruas pelo carnaval.

Lucélia na apresentação dos Guerreiros do Passo na Praça do Diário
29/10/2009 - 14º Festival Internacional de Dança do Recife

Matéria publicada no Jornal do Commercio






Por José Teles
Coitada da música carnavalesca
Publicado em 03.11.2010

Participei, com Alex Mono, Carlos Fernando, maestro Zé Gomes e Renato Phaelante, da comissão julgadora, do concurso de Música Carnavalesca, promovido pela Fundação de Cultura, da PCR. Durante três dias, ouvimos quase trezentas composições.
Todos os membros da comissão concordaram que é necessário atrair novos compositores, gente que vem fazendo música contemporânea, para o concurso, não apenas para oxigenar o repertório carnavalesco como também para tentar dar um upgrade na qualidade. O que se ouviu nesta trinca de dias foi muita composição de baixa qualidade, obviedades e clichês sem ter fim. O pessoal precisa ter em mente que um maracatu-canção não tem que ter sempre “Zumbi” e “Luanda” na letra, nem caboclinho índio e termos em língua indígena. Os frevos de rua tiveram um nível razoável. Os frevos de bloco, embora não tenham primado pela inspiração, foram imensamente superior aos frevos-canção. Estes, sim, um desastre. Poucos passaram pelo crivo da comissão. Não passariam pelo crivo de qualquer comissão.
Outro problema, e este para se resolver mais adiante, é como divulgar as músicas vencedoras, que vão estar no CD, que a fundação lança todo ano e ninguém ouve. Com raríssimas exceções, as emissoras locais continuam tocando discos lançados pela Rosenblit há 60 anos.

Esta reportagem foi enviada ao e-mail dos Guerreiros do Passo por Humberto Maia.

Guerreiros do Passo encerram sua participação no Festival Internacional de Dança

Professor Miro à frente da aula na Praça
Os Guerreiros do Passo encerraram neste sábado dia 30 de outubro na Praça do Hipódromo, sua participação no 15º Festival Internacional de Dança do Recife.
Os aulões de frevo, o curso de Porta-estandarte e as apresentações do grupo de dança foram muito bem repercutidas e puderam intensificar ainda mais a divulgação das ações do grupo, fortalecendo as iniciativas desenvolvidas pela instituição ha mais de 5 anos. 
Fernando Zacarias passando
ensinamentos sobre sua arte

Os Guerreiros agradecem ao estimado mestre do porta-estandarte Fernando Zacarias, aos nossos professores das aulas de frevo Valdemiro Neto, Lucélia Albuquerque e ao Gil Silva. Agradecemos também aos valorosos e aguerridos dançarinos do grupo de dança, Jean David, Mestre Júnior Pintado, Eduardo Ferreira (Biá), Ricardo Napoleão, Edson Flávio, Lucélia Albuquerque, Gil Silva, Valdemiro Neto, Eduardo Araújo e João Lucas pela forma como aceitaram participar das apresentações e de todo o comprometimento que demonstraram.
Rendemos especiais agradecimentos ao coordenador do Festival Internacional de Dança Arnaldo Siqueira e a toda sua equipe técnica que, com muito respeito e profissionalismo, expuseram de forma admirável o nome dos Guerreiros do Passo na cena cultural da cidade.

Imagens dos Guerreiros do Passo no 15º Festival Internacional de Dança do Recife



Esta foi a terceira apresentação do grupo no Festival

Escola Osvaldo Lima Filho - Pina - 28 de out.

Grupo em frente do Teatro Santa Isabel - 22 de out.
Público eufórico na frente do teatro - 22 out.

Curso de Porta-estandarte

Assista o video que mostra algumas imagens do Curso de Porta-estandarte realizado neste sábado, dia 09 de outubro na Praça Tertuliano Feitosa, bairro do Hipódromo. O ilustre Fernando Zacarias apreciou os alunos e fez comentários sobre o desempenho dos seus pupilos: Gostei muito do resultado dessa aula, os alunos me surpreenderam bastante, principalmente a Lucélia.
E ATENÇÃO! O curso se estenderá nos outros sábados de outubro, e se integrará ao 15º FESTIVAL INTERNACIONAL DE DANÇA DO RECIFE, o qual, os Guerreiros do Passo também farão parte com apresentações do seu grupo de dança e com aulões de frevo. Sobre este importante assunto, colocaremos as informações ainda esta semana aqui no site.
O curso de Porta-estandarte antecede as aulas de frevo na Praça do Hipódromo. Aproveitem, É DE GRAÇA!
As imagens da aula são do mestre Júnior Pintado.

Sábado tem Curso de Porta-estandarte na Praça do Hipódromo

Sábado, dia 09 de outubro é o retorno do Curso de Porta-estandarte promovido pelos Guerreiros do Passo na Praça Tertuliano Feitosa, bairro do Hipódromo. Mais uma vez estará à frente das aulas o brilhante Fernando Zacarias.
É importante lembrar que neste mês, especialmente, o curso se estenderá por todos os sábados restantes de outubro, iniciando no dia 09, e em seguida nos sábados 16, 23, 30.
Os requisitos para participação é ter mais de 16 anos, sem distinção de sexo, e estar em boas condições físicas. Para quem acompanha as aulas de dança que normalmente acontecem no local, não terão motivo de preocupação, o curso de Porta-estandarte iniciará às 15 horas, e às 16 horas a oficina de dança começará sem prejuízo de continuidade. Aproveitem, É DE GRAÇA.

Integrantes dos Guerreiros do Passo participam de Festival em Salvador-BA

Lucélia Albuquerque
Dois integrantes dos Guerreiros do Passo, Lucélia Albuquerque e Gil Silva, participam nesta sexta-feira (17/09) na cidade de Salvador-BA, do III Festival Latino Americano de Teatro da Bahia – o FILTE.
Os Guerreiros farão parte da aula-espetáculo da atriz-pesquisadora Viviane Souto Maior, que mostrará o resultado de sua pesquisa para as artes cênicas denominada: “Fervo, Frevo: aula-espetáculo”. Viviane pesquisou a dança do frevo e utilizou a sistemática de trabalho dos Guerreiros do Passo como um dos componentes principais de sua investigação. A aula-espetáculo será composta pelo treinamento para o ator-dançarino, clipe da pesquisa de campo, uma cena denominada “Restos de Carnaval” e uma demonstração da metodologia criada pelo Mestre Nascimento do Passo apresentada pelos passistas integrantes do grupo Guerreiros do Passo. 
Gil Siva
Lembramos que a pesquisadora Viviane Souto Maior foi a única artista contemplada na região Nordeste pela Bolsa Funarte de Produção Crítica sobre as Interfaces dos Conteúdos Artísticos e Culturas Populares, que resultou na criação da aula-espetáculo.
 O festival acontecerá de 09 a 19 de Setembro deste ano e a apresentação da aula-espetáculo será no dia 17 (sexta-feira) às 13h, no Teatro Martins Gonçalves (Salvador – BA), integrando parte do componente investigativo e linha laboratorial do festival. O FILTE, que esse ano faz homenagem aos 40 anos do grupo peruano Yuyaskani, tem como foco o teatro de grupo e de pesquisa e se encontra na sua terceira edição já fazendo parte dos principais festivais de teatro da América Latina.

Viviane Souto Maior
Confira a programação completa do Festival no site oficial: http://www.filte.com.br/Festival/Programacao.html

Programa da Rádio Universitária FM menciona os Guerreiros do Passo

Renato Phaelante
Foto acervo Guerreiros do Passo
O programa da Rádio Universitária FM, Memórias de Nossa Gente  comandado pelo pesquisador e  escritor, Renato Phaelante, citou neste domingo dia 5 de setembro, o lançamento do primeiro número do jornal O PASSO, e a passagem do aniversário dos Guerreiros do Passo, ocorrido na última quarta-feira dia 01 de setembro de 2010.
Renato Phaelante prometeu enfatizar ainda mais os trabalhos do grupo no próximo programa, dia 12, desdobrando as ações realizadas pelos professores do Projeto. 
Os Guerreiros reconhecem a importância deste registro e agradecem as palavras do ilustre apresentador.

Memórias de Nossa Gente  é transmitido todos os domingos às 17 horas na rádio Universitária FM 99.9. A emissora faz parte da Universidade Federal de Pernambuco.

Documentário sobre Nascimento do Passo

A apresentação do documentário sobre o Mestre Nascimento do Passo produzido por estudantes de jornalismo da Universidade Católica de Pernambuco, será realizada amanhã (17/06), a partir das 18h, sala 510, no bloco A, da Universidade Católica de Pernambuco.
Na ocasião, serão exibidos dois vídeos de aproximadamente 20 minutos cada um. O primeiro - "O Milagre da Volta" - traz a história da cantora Creuza Cunha, expoente da Era de Ouro do rádio pernambucano. O segundo é Renascimento do Passo, "onde será apresentada a vida e a obra do Mestre Nascimento do Passo, contada em depoimentos de pessoas que conviveram com ele. O objetivo do documentário é ressaltar a importância do trabalho de Nascimento para o frevo enquanto expressão da cultura pernambucana", comenta um dos responsáveis pelo documentário Yuri Queiroz, que conta ainda com mais dois integrantes na produção: Alzira Acioly e Hellyda Sousa. Os Guerreiros do Passo participaram das filmagens com depoimentos e imagens do projeto desenvolvido na Praça do Hipódromo.

GUERREIROS RECEBEM VISITA

O projeto desenvolvido pelos Guerreiros do Passo na Praça do Hipódromo recebeu neste último sábado, dia 29 de maio, a visita do estimado e ilustre Gilberto Nascimento.
Para quem ainda não o conhece, Gilberto é o responsável e o personagem principal da história que deu origem a Troça Carnavalesca Mista O Indecente, agremiação criada pelos Guerreiros do Passo no ano 2000

A presença de Gilberto nos carnavais da troça que ajudou a fundar sempre foi uma constante, mas, no local de atividades dos Guerreiros foi a primeira vez, trazendo a alegria e tornando o momento marcante. Acompanhado do seu filho Júnior, Gilberto pôde assistir de perto a aula de dança, que neste dia teve o comando do professor Gil Silva. Depois de assistir um pouco dos trabalhos, Gilberto retirou-se, prometendo aparecer mais vezes em outros sábados.

Você pode conhecer toda a história da criação da Troça Carnavalesca Mista O Indecente no Blog da agremiação: www.tcmoindecente.blogspot.com, ou clicando na imagem do Estandarte que fica no lado direito desta página.

GUERREIROS DO PASSO RETORNAM A LIVRARIA CULTURA

Cartaz de divulgação do evento
*Diversão / Dança
Pesquisadora apresenta resultado de estudo sobre o frevo na Livraria Cultura

O evento terá a forma de uma aula-espetáculo; o evento é gratuito e terá a participação especial do grupo de frevo Guerreiros do Passo

Da Redação do pe360graus.com

A pesquisadora Viviane Souto Maior foi contemplada com a Bolsa Funart, patrocinada pelo Ministério da Cultura, para pesquisar sobre a incorporação de elementos da dança frevo no treinamento do ator-dançarino e na criação cênica. O resultado desse estudo será divulgado sob a forma de aula-espetáculo na Livraria Cultura neste sábado (22), a partir das 17h.
O contato da pesquisadora com o frevo se deu com o grupo “Guerreiros do Passo”, formado por discípulos de Mestre Nascimento do Passo, ícone do estilo em Pernambuco e responsável pela criação da primeira escola de frevo. Na ocasião, os integrantes do grupo estarão presentes.

*Publicado no site pe360graus.com na Terça - 18/05/10 21h56.

Guerreiros participam de documentário sobre Nascimento do Passo

No último dia 30 de abril de 2010, os Guerreiros do Passo participaram das filmagens de um documentário de vídeo, que está sendo produzido sobre o Mestre Nascimento do Passo por alunos da Universidade Católica de Pernambuco. Os alunos são: Yuri Queiroz, Alzira Acioly e Héllyda Sousa.

Segundo um dos realizadores do documentário, Yuri Queiroz: "A ideia é fazer um vídeo de 15 minutos, onde será apresentada a vida e a obra de Nascimento, contada em depoimentos de pessoas que conviveram com ele. O objetivo do documentário é ressaltar a importância do trabalho de Nascimento para o frevo enquanto expressão da cultura pernambucana. Para tanto, contamos com a colaboração de algumas pessoas e grupos, entre o eles os Guerreiros do Passo, por ser um grupo de resistência que se utiliza do método criado por Nascimento para dar seguimento ao trabalho desenvolvido inicialmente por ele", completa Yuri. As filmagens com os Guerreiros foram feitas na Praça do Hipódromo. O referido projeto, faz parte do trabalho de conclusão do curso em Jornalismo dos alunos pela Universidade Católica.

Projeto recebe doações de sombrinhas

A Campanha de Doações de Sombrinhas iniciada aqui no Blog no último mês de abril de 2010 já está dando resultado. No sábado, dia 8 de maio, o projeto desenvolvido pelos Guerreiros do Passo na Praça do Hipódromo recebeu das mãos de um dos seus mais assíduos participantes, Honório Cordelista, 15 sombrinhas novas de frevo. Honório informou ao entregar o material que reuniu alguns amigos do seu trabalho, mobilizando-os para a necessidade de juntar o material.
O Guerreiros do Passo através de sua diretoria agradece o gesto do estimado passista, reafirmando que a campanha continuará, esperando com este maravilhoso exemplo, intensificar a arrecadação de mais sombrinhas de frevo. Lembramos que a campanha recebe também sombrinhas quebradas.

1º de Maio tem Frevo na Praça da Jaqueira

Sábado, dia 1 de maio, o grupo de dança Guerreiros do Passo participou de um evento em comemoração ao dia do trabalhador organizado pela Prefeitura da cidade do Recife na Praça da Jaqueira, das 9 às 15 horas. Por isso, não houve Frevo na Praça no bairro do Hipódromo.
O retorno das aulas acontece dia 8 de maio.
Foto do evento - Disponível no site da Prefeitura do Recife

Guerreiros são destaque em site

A reportagem sobre as oficinas mantidas pelos professores do Guerreiros do Passo, divulgada dia 23 de novembro de 2008 no JORNAL DO COMMERCIO, está disponível no site ATITUDE CIDADÃ, portal criado para notabilizar iniciativas de solidariedade e ações sócio-culturais no estado de Pernambuco. A página faz parte do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação.
Nós, que fazemos parte dos Guerreiros, estamos orgulhosos e sensibilizados por mais este reconhecimento, fato que nos engrandece e reforça nossa responsabilidade com o trabalho desenvolvido, e, é mais uma carga energética para continuar lutando e fazendo crer que o Frevo pode e deve ser praticado o ano todo.

O endereço da página pode ser acessado clicando no ícone do Atitude Cidadã aqui no Blog.

Nascimento do Passo será homenageado em Festival

Festival Pernambuco em Dança movimenta Recife
nesta semana
Da Redação do pe360graus.com

Décima edição do evento homenageará Nascimento do Passo e Roseli Rodrigues (in memorian); apresentações acontecem no Teatro do Parque, de 22 a 25 de abril

De 22 a 25 de abril, sempre às 19h, a dança toma conta do Teatro do Parque, na Boa Vista. É quando acontece o Festival Pernambuco em Dança. Em sua 10ª edição, o festival homenageará Nascimento do Passo e Roseli Rodrigues (in memorian), dois grandes nomes da dança brasileira. A novidade fica por conta das apresentações fora do teatro.
Nos dias 28 e 29 de abril, a produção do festival levará os espetáculos até as comunidades do Ibura e Brasília Teimosa como parte das comemorações do Dia Internacional da Dança. Ainda no evento, os profissionais que contribuem para o desenvolvimento da dança em Pernambuco receberão o troféu e o diploma.

Os ingressos custam R$ 10 (preço único). O festival é uma realização pelos produtores Fred Salim e Paula Azevedo, com apoio da Prefeitura do Recife, por meio da Fundação de Cultura Cidade do Recife.

PROGRAMAÇÃO:

Pernambuco em Dança – 2010

I parte
Quinta-feira (22)
Cia Vias da Dança
Espetáculo: Essa Minha Retórica
Sexta-feira (23)
Ballet da Cidade do Recife
Sábado (24)
Faces Ocultas Cia de Dança (Salto-SP) – GRUPO CONVIDADO
Espetáculo: Faces Dança Elis
Domingo (25)
Carolemos Dançarte
Espetáculo: O Sonho de Alice - 2º Ato

II parte
Apresentação de várias Cias, Grupos Profissionais e Amadores, Escolas e Academias de Dança com trabalhos que variam de 2 a 15 minutos.
Companhias Convidadas:
Faces Ocultas Companhia de Dança/Salto/ SP.
Grupo Mineiro de Danças Clássicas/BH/MG
Participação das Cias e Grupos de Dança:
Equilibrio Cia de Dança de Ribeirão Preto / SP
Balé Popular do Recife
Criart Cia de Dança
Balé Deveras
Companhia de Dança da Escola de Frevo Maestro Fernando Borges
Cia Pernambucana de Sapateado e Dança
Cia Árabe Hannah Costa
Escola de Ballet Cia dos Homens
Cia de Dança e Teatro Luardat
Balé Brasílica
Luciana Zambak
Stúdio de Danças
Aria Clássico
Aria Social
Quanta Experimental de Dança
Academia de Dança Fátima Freitas
Ballet Maysa
Cia de Dança Fênix
Grupo Artístico e Cultural Estrelas Dançantes
Cia Nós da Dança
Cia Salsambuco
Balé Afro Raízes
Cas Grupo de Dança
Sollos Cia de Dança
Cia Artística Jovem Encenam(Cia Aje de Dança)
Solus Cia de Danças-Surubim(PE)
Tap Magê
Equipe de Dança
Cia Pernambucana de Dança do Ventre
Grupo Nap de Dança
Cia Pé – Nambuco de Dança
Cia de Folguedos
Espianós Cia de Dança
Academia de Dança Marisa Queiroga
Studio de Danças Sinara Kataline – Caruaru / PE
Desiderium Cia de Dança-Caruaru/PE.
Cia Pernambuco no Passo
Caboclinhos Truaka
Carolemos Dançarte e Maysa
Espaço Endança / Endança Jovem
Academia Ângela Botelho
Grupo Pantomima
Ballet Margot Duarte
Cia Terapia Dança Salão
Cia Expressart de Dança – Triunfo / PE
Pernambuco em Dança 2010 em BRASILIA TEIMOSA
COMEMORANDO O DIA INTERNACIONAL da DANÇA
Dia: 28 de Abril de 2010(quarta-feira)
Horario: 19h
Local:Em frente a Sede do Balé Deveras na Praça da Colônia Z 1 em Brasilia Teimosa.
Participação de Grupos da Comunidade e Convidados.
DIA INTERNACIONAL DA DANÇA – 2010
Dia: 29 de Abril de 2010(quinta-feira)
Local: Pátio de São Pedro

Guerreiros em Porto de Galinhas

O grupo Guerreiros do Passo participa nos dias 14, 15 e 16 de abril de 2010 em Porto de Galinhas, do Encontro de Administradores do Banco do Nordeste do Brasil, realizado no Enotel Porto de Galinhas Resort & Spa. Os dançarinos realizam receptivo e um trabalho de animação para os convidados do Encontro, que se encerra nesta sexta-feira dia 16. O grupo está sendo acompanhado pela Orquestra do Maestro Oséas.

Ainda Carnaval

Por Nilzardo Carneiro Leão
Passados os dias de folia, vale recordar o que foi bom e o que restou do CARNAVAL de 2010.
Também comentar o que não deve ser repetido no próximo ano: aquele Galo mirrado colocado na Ponte Duarte Coelho, chamado pelos foliões de Garerê (mistura de Galo com Saci Pererê), com uma perna só, sem as “esporas afiadas”, um micro-bico e sem a “crista de coral”, formoso que era pelo símbolo de vigor, peito imponente, asas fortes, cauda com penas multicoloridas, símbolo do Clube de Máscaras tal como desejado por Enéas Freire, seu criador. Convém, assim, esquecer “aquilo” que colocaram na Ponte, o anti-Galo da Madrugada.

Da mesma forma que no RJ os carnavalescos podem trazer para a Sapucaí uma grande águia a movimentar suas asas, abrir eu bico, por que o Galo do Recife não pode mostrar a sua grandiosidade , lançando os sons de seu canto que serão levados pelo Capibaribe para o oceano, para o mundo? Um Galo com “pernambucanidade”, exibindo a raça dos “bravos guerreiros”, que podem estufar o peito e cantar “Pernambuco, imortal, imortal.”

Se um “rebolation”, pobre de sonoridade, pode permitir o remelexo e o rebolamento, se as escolas de samba mantêm o “samba no pé” e se os cariocas fazem ressurgir as “bandas de bairro”, renascendo o autêntico e simples Carnaval do RJ, com suas marchinhas e suas fantasias, o pernambucano tem muito mais do que isso: tem a multiplicidade de seus ritmos, tem a alegria de seu povo a mostrar nas ruas, só ele pode apresentar um maestro Forró com sua orquestra, que bem poderia sair nos dias de Carnaval arrastando pelas ruas a multidão na “onda” do frevo. O “Escuta Levino”, que se apresenta na quinta-feira da semana pré-carnavalesca é um bom exemplo. Dêem força ao frevo e ao passo. Bom ser lida uma pequena-grande nota da Folha de Pernambuco, edição de 18 deste mês: querem ofuscar o que é nosso, “matar o genuíno frevo pernambucano apenas para atender a interesses comerciais e políticos.”

Deixem o povo “frevar” e fazer o passo livre, solto, de cada um, e não com passos harmônicos de uma escola de samba. Não precisamos importar nada. Temos já uma multiplicidade de cores, de tons e de sons, temos cantores e compositores que trazem o frevo no sangue. Temos novas orquestras e maestros, temos jovens bonitas e alegres trazendo o batuque do maracatu, temos a individualidade de cada com suas fantasias, a irreverência sadia, temos grupos familiares fantasiados pelas ruas. Nada de ficar em frente a grande palco para exibições de artistas de fora. Deixa pra lá.
Bom mesmo é chegar à Praça Maciel Pinheiro e aguardar, fantasiado, a saída do Bloco da Saudade. A expectativa, a chegada dos “perseguidores”, alinhando-se na calçada para seguir com ele até o bairro do Recife.

Flabelo pronto para as evoluções, orquestra e coral, o primeiro frevo de bloco, o seu próprio hino: “E o Bloco da Saudade assim recorda tudo o que passou.” E vem um dos momentos mais emocionantes: o ingresso na Rua da Imperatriz. Indescritível: “Vou relembrar o passado, do meu Carnaval de fervor...Na Rua da Imperatriz, eu era muito feliz, vendo os Blocos desfilar...”. E depois, “ Nós somos madeira, de lei que cupim não rói.” Ao final da rua, na subida da Ponte, “até o rio parou de correr.... só para ver meu bloco de recordações.” E assim segue o alegre Bloco da Saudade até o bairro do Recife, a mostrar que “O Recife tem, o Carnaval melhor do meu Brasil.”

O que trás imensa alegria é, no dia seguinte, ver toda a casa vestida de Carnaval: “escapulários” na sala, chapéus na mesa, adereços nos quartos. No terraço, gola e cabeleira de maracatu, um chapéu de couro igual ao de um cangaceiro. Como se estivessem todos a dizer: não fique triste, para o ano tem mais...

Fonte: Texto extraído de matéria vinculada no site do Instituto Arqueológico Histórico e Geográfico de Pernambuco

GUERREIROS PRESTAM HOMENAGEM AO MESTRE NASCIMENTO DO PASSO

Os Guerreiros do Passo em parceria com o Clube Carnavalesco Misto Escuta Levino realizará neste dia 11 de fevereiro de 2010, um grande desfile em homenagem ao Mestre Nascimento do Passo, num cortejo carnavalesco que percorrerá as principais ruas do centro do Recife. Estandartes, passistas, orquestra do Maestro LESSA e o Boneco Gigante do Mestre Nascimento farão parte do evento.
O boneco do Mestre Nascimento foi confeccionado em 2007, pelo artista bonequeiro Sílvio Botelho, sendo lançado neste mesmo ano no desfile da Troça O Indecente no bairro do Hipódromo. Na época o evento contou com a presença do próprio Mestre no local.

A noite do dia 11 de fevereiro será marcada por uma emocionante homenagem ao mestre e será a primeira lembrança festiva realizada na cidade depois do seu falecimento, já que até este momento, nenhuma ação oficial por parte dos órgãos responsáveis pela cultura no nosso estado tomou a devida iniciativa.
Vamos fazer o passo e homenagear o famoso passista através dos seus símbolos maiores: o frevo e o seu boneco gigante.

Serviço:
Dia 11/02/10 - Quinta-feira
20h – Início do desfile na Praça Maciel Pinheiro, indo até o Recife Antigo.
Boneco gigante, estandartes, passistas e orquestra do Maestro Lessa.

ABSURDO - TROÇA O INDECENTE SEM CARNAVAL

A Troça O Indecente no ano que completa 10 anos de fundação não realizou o seu tradicional desfile na semana pré-carnavalesca no bairro do Hipódromo.
O que deveria ser um ano bastante movimentado com homenagens e tributos ao Mestre Nascimento do Passo, transforma-se agora num momento de grande decepção. Segundo o presidente Eduardo Araújo, foi feito de tudo para tentar captar recursos e implementar a realização do evento, que, este ano, além de festejar os 10 anos de fundação da agremiação, seria realizada uma grande homenagem ao Mestre Nascimento do Passo, falecido no ano passado. "Buscamos nos preparar para fazer o carnaval da Troça desde outubro, e contamos inclusive com uma produtora que nos auxiliou no projeto. A partir disso, instituições e empresas foram contactadas, Prefeitura do Recife, Governo do Estado, FUNDARPE, industrias e grandes marcas foi entregue o projeto, e a resposta sempre a mesma: não temos apoio pra vocês". Enfatiza Eduardo. A realidade atual é para refletir sobre o porquê uma agremiação que tanto fomenta a cultura local, que estimula durante o ano todo através dos Guerreiros do Passo a prática do frevo em ruas e Praças do Recife (comprovado em diversas reportagens na imprensa), que mantém vivo o legado profissional deixado pelo Mestre Nascimento do Passo, pode sofrer com tanta falta de sensibilidade de dirigentes de instituições, que, no caso da Prefeitura do Recife e da Fundarpe tem o dever de salvaguardar iniciativas que possam colaborar na preservação e divulgação da nossa mais genuína manifestação popular, o frevo.

É DE FAZER CHORAR!!!

CONCURSO DE PASSISTAS 2010 - GUERREIROS LEVAM PREMIOS

O Frevo tomou conta do Pátio de São Pedro na noite deste domingo dia 24 de janeiro de 2010, na finalíssima do Concurso de Passistas realizado pela Prefeitura do Recife. O público presente pôde conferir de perto os dançarinos disputando os prêmios prometidos pela Prefeitura, que, este ano, chegou ao máximo de hum mil reais em apenas uma categoria. Infelizmente, os valores distribuídos como premiação não fazem justiça à qualidade dos passistas, e o que seria um incentivo e estímulo para a formação de novos dançarinos, transforma-se em decepção para alguns. Quatro integrantes do Guerreiros do Passo obtiveram Primeiros e Segundos lugares em três categorias diferentes das 7 disputadas. O lugar de João Lucas na categoria Pré-Mirim Masculino é a demonstração que o trabalho desenvolvido pelos Guerreiros na Praça do Hipódromo dá resultado, e assegurará por muito tempo a manutenção do pensamento criativo do Método do Mestre Nascimento do Passo na cidade, possibilitando o cultivo de sementes que germinarão num futuro próximo.

Os Guerreiros vencedores são:
João Lucas
Josilene Rodrigues
Gil Silva
Ricardo Napoleão

Confira todos os vencedores:

PRÉ-MIRIM FEMININA:
1º lugar - Talita Myrelle Oliveira
2º lugar - Sara Fernanda Monteiro

PRÉ-MIRIM MASCULINO:
1º lugar - João Lucas Barbosa Correia
2º lugar - Lucas Souto da Silva

MIRIM FEMININO:
1º lugar - Andreza Carolina dos Santos
2º lugar - Sabrina Feliciano

MIRIM MASCULINO:
1º lugar - Kleber Félix dos Santos
2º lugar - David Vitorino Alves

INFANTIL FEMININO:
1º lugar - Victória Marques do Nascimento
2º lugar - Monaliza Trajano da Silva

INFANTIL MASCULINO:
1º lugar - Washington José Machado
2º lugar - Raphael Windson Monteiro

JUVENIL FEMININO:
1º lugar - Emilayne da Silva Gomes
2º lugar - Francielle Tenório da Silva

JUVENIL MASCULINO:
1º lugar - Wanderlei Aires dos Santos
2º lugar - Danilo Henrique Correia

ADULTO FEMININO:
1º lugar - Simone Maria da Silva
2º lugar - Taciana Ramos da Silva

ADULTO MASCULINO:
1º lugar - Deyvson Vicente Ferreira
2º lugar - Allisson Lopes Da Silva

MASTER FEMININO:
1º lugar - Letícia Ferreira da Silva
2º lugar - Josilene Rodrigues da Silva

MASTER MASCULINO:
1º lugar - Gil Silva
2º lugar - Ricardo Cunha Napoleão

FOLIÃ FEMININO:
Vanessa Dias da Silva

FOLIÃO MASCULINO:
Gilvan Resende Braga Neto

GUERREIROS COM NOVO INTEGRANTE

No próximo dia 3 de fevereiro de 2010, no lançamento do livro da escritora e pesquisadora Valéria Vicente, Entre a ponta de pé e o calcanhar, onde os Guerreiros mostrarão o seu conhecido experimento, será apresentado também o mais novo integrante do grupo: Otávio Bastos.
Depois de dançar em cidades como Nova York (EUA), Val Paraíso (Chile), Hong Kong e Guanghzou (China), e de fazer parte dos espetáculos do multiartista Antônio Nóbrega, Otávio, está de volta ao Recife, onde recentemente apresentou o trabalho O Alfaiate de Livros - Prefácio. O espetáculo é um solo, de 16 minutos, que esteve em cartaz nos dias 20 e 21 no Espaço Compassos, Recife Antigo, com entrada gratuita. Além deste trabalho, Otávio fará uma participação especial no experimento O frevo dos Guerreiros do Passo, dia 3 de fevereiro, no lançamento do livro de Valéria Vicente. O trecho em que Otávio aparecerá, é uma surpresa e só vai poder ser visto no dia da apresentação.
Mesmo sem nunca ter participado do grupo, Otávio sempre foi uma figura presente entre os Guerreiros, e no ano 2000, integrou o grupo fundador da Troça O Indecente, agremiação responsável pelos Guerreiros do Passo. Esta apresentação promete bons frutos e Otávio certamente se tornará parte dos próximos eventos em que o grupo estiver participando.
Ainda nesta apresentação, haverá também a estréia da mais nova passista, Ericka Lais, oriunda do projeto desenvolvido pelos Guerreiros na Praça do Hipódromo.

Leia a entrevista com Otávio Bastos feita especialmente para este Blog.
Equipe dos Guerreiros - Como foi aceito o convite dos Guerreiros do Passo para participar do evento de lançamento do livro de Valéria Vicente, em que o grupo apresentará e o seu conhecido experimento que narra a origem do frevo?  
Otávio - Fiquei bastante feliz com o convite dos Guerreiros!!
Me sinto parte integrante do grupo e tento contribuir sempre que possível pois tenho um carinho especial e uma admiração muito grande por eles. Quando soube que era um livro escrito pela Valéria fiquei mais feliz ainda por ser uma amiga de longas datas!
Só alegrias e "rojões"!


Equipe dos Guerreiros - O que pode ser mencionado sobre sua participação?
Otávio - Vou dançar uma música de um Bispo católico francês chamado François Thomé. É uma música do séc. XVI que tem um cunho religioso, pensei ser bastante contrastante em relação ao frevo contemporâneo, a música carnavalesca, a festa da carne!
Eis que surge um desafio interessante para minha pesquisa.
Os Guerreiros me convidaram para fazer algo mais contemporâneo com o frevo, já que eles fazem uma leitura histórica da evolução do passo, propuseram que eu abordasse novas possibilidades a partir da mesma dança. Esse é um dos focos de minha pesquisa, topei na hora!

Equipe dos Guerreiros - Qual sua expectativa em relação a esta primeira exibição com os Guerreiros?
Otávio - Não existe nada melhor do que trabalhar com quem se admira como os Guerreiros e Valéria! Sinto-me motivado e honrado com o convite!
Espero que o público se emocione!

Equipe dos Guerreiros - Alguma idéia nova de trabalho cênico? 
Otávio - Tenho tantas idéias que precisaria de outra vida para conseguir completá-las... Agora estou desenvolvendo mais um espetáculo, que faz parte de um projeto maior, em que troco com uma pessoa de outra cultura, de outro país. Tem a ver com globalização, arte e identidade cultural, pluralidade e interculturalidade. Vendo a Globalização, quando falamos em mundo, de que mundo falamos? Terá o mesmo sentido para um árabe, um japonês ou um boliviano? Essa relação entre o universal e o particular, principalmente em termos de valores é sempre tensa e difícil de equacionar. Acredito que a idéia de globalização deve ser vista não somente em seu aspectos perversos mas também em suas possibilidades de confraternização e solidariedade. Eis o mote deste projeto chamado "Quando o Sr. Bastos encontra..." em que experimento trocas simbólicas com pessoas de culturas diversas. Os primeiros espetáculos do projeto aconteceram em 2008 com a chinesa Abby Chan e agora será com a alemã Petra Stranky que deve chegar em fevereiro para começarmos a labuta... sempre regada a frevo, claro!

Serviço:
Lançamento do livro Entre a ponta de pé e o calcanhar – Ana Valéria Vicente
Local: Livraria Cultura – Paço Alfândega, Recife Antigo
Data e horário: 03/02/2010 às 19 horas

GUERREIROS DO PASSO EM LIVRO

#######################Convite virtual
No próximo dia 3 de fevereiro de 2010, os Guerreiros do Passo participarão do lançamento do livro Entre a ponta de Pé e o calcanhar da escritora e pesquisadora Valéria Vicente. O livro faz reflexões sobre o frevo em seus diversos aspectos e os Guerreiros do Passo estão entre suas páginas como um dos grupos pesquisados.
Além de está incluído na obra, o grupo apresentará no evento o seu conhecido experimento que narra a origem do frevo.
O lançamento será no dia 3 de fevereiro na Livraria Cultura no Paço Alfândega,
Recife Antigo, as 19 horas.

__________________________________________________
Guerreiros retomam aulas
No próximo sábado dia 9 de janeiro, os Guerreiros do Passo retomam as aulas de dança na Praça do Hipódromo, iniciando as atividades do ano de 2010.####
Lembramos que as aulas começam sempre as 15 horas, sendo importante chegar no horário marcado para não perder o aquecimento e o alongamento, procedimentos importantes para o bom desempenho dos participantes.
###################
Sejam bem vindos!!!