News - Praça do Hipódromo volta a receber as aulas do Projeto Frevo na Praça. / Camisas com a marca do grupo estão à venda por R$30 reais. / Site dos Guerreiros ultrapassa 285 mil visitas. / VOCÊ GOSTOU DO SITE? JÁ PARTICIPOU DE ALGUMA ATIVIDADE NOSSA? TEM ALGUMA SUGESTÃO? COMENTE, MANDE SUA MENSAGEM POR E-MAIL OU PELAS REDES SOCIAIS. DÊ SUA OPINIÃO E NOS AJUDE A APRIMORAR NOSSAS AÇÕES COM O FREVO. CERTAMENTE ISSO NOS AJUDARÁ BASTANTE A ENRIQUECER TODO O TRABALHO. OBRIGADO!

O Frevo é a cara do Recife

O atual e suposto carnaval multicultural do Recife está equivocado. Digo que existe politicamente ou de propósito, com a finalidade de globalizar o comum, o que já existe na TV diariamente... Falta apenas colocar um rodeio, ou vaquejada em pleno Marco Zero do Recife. De brinde irão os chapéus texanos e o repertório musical tão apreciado por quem gosta do gênero!
Sabe-se que uma pizza verdadeiramente italiana têm os ingredientes do povo que a criou ou a desenvolveu em tal região geográfica. Os vinhos portugueses e franceses, ou mesmo chilenos, possuem técnicas de fabricação e envelhecimento locais... Eu diria: o frevo pernambucano é um bom vinho de jurubeba! Para ser bairrista (com todo orgulho), confirmo que é uma cachaça da boa com limão! De tira-gosto: caranguejo, peixe agulha frito ou caldo de feijão! Pode ser também uma fatia de laranja... São costumes do local! Pernambuco é isso... A cultura local é a alma desse povo sofrido e alegre!

Concordo plenamente com a ideia de que estão mutilando o carnaval do Recife, em nome de uma falsa audiência televisiva. Diga-se: será audiência para o atual governador? Qual é a sua, grande Lenine? Você é compositor e músico e sabe que existem milhares de outros músicos e artesãos desempregados no Recife... As obras culturais imateriais pertencem às várias gerações... O carnaval é um momento especial e de se ganhar dinheiro... Vitrine para todos!

Isso é grave: político não sabe cantar um frevo, compor ou mesmo, tocar um instrumento tipo metal, saxofone, trombone e trompete... Talvez cante um rock de gosto duvidoso, uma música brega ou uma moda sertaneja moderna, tipo modões que estão nas atuais trilhas sonoras da Rede Globo, travestidas de músicas românticas. O Recife não tem a obrigação e engolir a música brega, e tornar-se o reduto da “Cornocanção”.

Como fã incondicional do frevo pernambucano, ficam meus protestos... O palco principal do carnaval de Pernambuco deve ser a passarela do frevo em todos os seus estilos: frevo canção, de bloco, de rua, ou como estiver grafado na história pré e pós “100 Anos de Frevo”. O maracatu poderá ser coadjuvante neste palco multicultural...

E a audiência da televisão? Dane-se... O público local, e turistas do Brasil e outros países aplaudirão um show de cultura local.

Viva o frevo!
Lailton Araújo

2 comentários:

  1. Enquanto um acorde ecoar,um folião maltrapilho perambular pelas ruas do meu Recife e Olinda,mesmo assim me solidarizo com ele,pois vejo nele a indentidade de um povo que não se deixou levar por bombardeios antmusicais seguidos de muita apelação pornográfica.O frevo enverga mas não quebra.Evoé! Evoé!

    ResponderExcluir
  2. Muito coerente o seu desabafo. Concordo plenamente!!!

    ResponderExcluir