NAS AULAS DOS GUERREIROS A GRANDE ESTRELA É O FREVO!

Veja algumas imagens e tire suas próprias conclusões.

UNIÃO ENTRE PASSISTAS, É POSSÍVEL?

OPINIÃO. Fala-se muito da necessidade de ver um dia a tão esperada união entre os passistas de frevo.

A FORÇA DA CAMISA AZUL

Nas aulas do Projeto Frevo na Praça, já foi possível observar que os professores dos Guerreiros do Passo, utilizam nos seus encontros semanais no bairro do Hipódromo...

MAX LEVAY REGISTRA OS GUERREIROS DO PASSO

O pernambucano Max Levay, profissional de reconhecido talento da arte da fotografia, fez um bonito registro dos Guerreiros do Passo no último mês de março. O artista produziu...

FOCO NO APRENDIZADO

Hoje em dia a busca por um melhor condicionamento na arte desenvolvida pelos famosos passistas de frevo, tem levado alguns praticantes a sair por ai pulando de aula em aula...

News - Camisas com a marca do grupo estão à venda por R$20 reais. / Site dos Guerreiros ultrapassa 300 mil visitas. / VOCÊ GOSTOU DO SITE? JÁ PARTICIPOU DE ALGUMA ATIVIDADE NOSSA? TEM ALGUMA SUGESTÃO? COMENTE, MANDE SUA MENSAGEM POR E-MAIL OU PELAS REDES SOCIAIS. DÊ SUA OPINIÃO E NOS AJUDE A APRIMORAR NOSSAS AÇÕES COM O FREVO. CERTAMENTE ISSO NOS AJUDARÁ BASTANTE A ENRIQUECER TODO O TRABALHO. OBRIGADO!

O fenômeno do passinho

Um fenômeno que começa a tomar a mídia de maneira avassaladora. E é apenas o começo. A coisa vai dominar o país, pode acreditar. Talvez um desdobramento urbano daquilo que deveríamos ter cuidado aqui. Ficamos presos aos discursos dos pseudos defensores do frevo que não fizeram absolutamente nada a favor da dança e da música, e o povo deliberou como soube. A matéria diz que 900 mil reais foram movimentados nas disputas, e AQUI, a terra de nascimento do Frevo, É PAGA UMA MISÉRIA aos campeões do Concurso de Passistas. Mesmo com a moda da expressão Salvaguarda do Frevo, ficou provado que nesses anos todos não salvamos e nem guardamos porcaria nenhuma.

Não sou contra ao passinho e nem desaprovo, inclusive acho bastante interessante, como também os diversos movimentos realizados e a habilidade dos seus executores. Gostaria que isso acontecesse aqui, fosse uma criação daqui, pertencesse aos nossos dançarinos. Que eles tivessem a mesma criatividade ao invés de conversas bobas de limpeza de passos, de querer inserir movimentos do balé clássico na dança, e mais recentemente, estimulassem a disputa besta de Peitação do Frevo. Mais uma vez seremos engolidos pelo que vem de fora, mas com uma diferença, por uma aberração cultural daquilo que não cuidamos.

Eduardo Araújo

A emoção invadiu o palco do Teatro Apolo

Mais uma apresentação dos Guerreiros do Passo que ficou na história. O grupo fez o encerramento do 2° Encontro de Salvaguarda do Frevo que aconteceu no dia 26 de abril de 2013.

Grupo Guerreiros do Passo em nova apresentação com a Orquestra do Maestro Ademir Araújo

GRUPO ENCERRARÁ O 2° ENCONTRO DE SALVAGUARDA DO FREVO NO DIA 26 DE ABRIL
Os dançarinos dos Guerreiros do Passo que há algum tempo vêm emocionando com o seu conhecido experimento intitulado O Frevo, realizará mais uma vez sua exibição na cidade.
Desta vez será no 2° Encontro do Plano Integrado de Salvaguarda do Frevo, que acontecerá entre os dias 24 a 26 de abril no Teatro Apolo, Bairro do Recife. O encontro vai proporcionar trocas e experiências entre os participantes e a exposição de propostas a respeito da preservação do ritmo.

O grupo fará o encerramento do evento no dia 26 de abril ao lado dos músicos da Orquestra de Ademir Araújo (Formiga). Será a primeira vez que os dançarinos estarão sendo acompanhados pelo ilustre maestro, e o momento constituirá em mais uma oportunidade para o público rever a aula-espetáculo que conta a origem do frevo.

Para ter acesso ao evento é necessário fazer inscrição. Informações pelo telefone: (81) 3355-8048.

2° Encontro de Salvaguarda do Frevo

No mês de abril o Recife será palco de discussões sobre o Frevo
Vai acontecer na próxima semana no Recife, o 2º Encontro do Plano Integrado de Salvaguarda do Frevo que será realizado de 24 a 26 de abril, no Teatro Apolo, no Bairro do Recife. O encontro possibilitará a abertura de discussões entre artistas, foliões e os autênticos fazedores do Frevo para sugerir propostas e ações de salvaguarda do ritmo. Os participantes trocarão experiências e apresentarão ideias a respeito da preservação deste bem cultural. A atividade é promovida pelo Iphan, em parceria com a Secretaria de Cultura do Recife, Ministério da Cultura, Fundação Joaquim Nabuco, Fundarpe, UFPE, UFRPE, UPE e Secretaria de Patrimônio e Cultura de Olinda.

Quem quiser participar tem que fazer sua inscrição na Casa n° 38 no Pátio de São Pedro ou na Secretaria de Cultura de Olinda em horário comercial. As vagas são limitadas e não será cobrado nenhum valor para ter acesso ao evento.

Veja a programação abaixo:

24.04.2013 (quarta-feira)

13h - Abertura
Apresentação do Bloco Cordas e Retalhos.
Representante do Comitê Gestor de Salvaguarda do Frevo.

Mesa 1
O Frevo como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade
Carmem Lélis: A importância da Salvaguarda do Frevo.
Júlio Vilanova: Frevo de Bloco e Carnaval do Recife.
Maestro Spock: Frevo de rua.
Mediadora: Magdalena Almeida

17h- Encerramento
Apresentação da representação do Comitê em Paris, dezembro 2011.

25.04.2013 (quinta-feira)

13 h - Mesa 2
Intercâmbio de experiências entre Pontos de cultura do Frevo
Cid Cavalcanti: O Bonde – Centro de Formação, Pesquisa e Produção Cultural.
Xôxo Malaquias: Seu Malaquias, o Gigante do Alto – Desenvolvimento de tema para o carnaval.
Maestro Forró: Orquestra Popular da Bomba do Hemetério.
Mediação: Maria Lana Monteiro

Aprovação da composição do Comitê Gestor de Salvaguarda do Frevo e do Regulamento da Eleição

17h- Encerramento
Apresentação do Maestro Edson Rodrigues: solo de Vassourinhas

26.04.2013 (sexta-feira)

13h - Mesa 3
Intercâmbio de experiências com praticantes nacionais de Frevo
Célia Meira: O FIB (Felicidade Interna Bruta) e o Frevo.
Fabiano Medeiros: Orquestra Marafreboi - DF.
Integrante 3. - A confirmar
Mediação: Marília Rameh

Eleição para o Comitê Gestor de Salvaguarda do Frevo.
Apuração dos resultados da Eleição

17h - Encerramento
Apresentação da Orquestra de Frevo do Maestro Ademir Araújo com participação de passistas.

Quanto custa nosso carnaval? Veja o cachê dos artistas que tocaram no Recife

Publicado em 9 de abril de 2013 por Carolina Santos no Diario de Pernambuco

Lei do Frevo foi aprovada

PROJETO OBRIGA A EXECUÇÃO DOS FREVOS NAS RÁDIOS DA CIDADE
A lei do Frevo vai entrar em vigor. O evento para oficializar o ato foi realizado nesta terça-feira (09/04) pelo prefeito do Recife, Geraldo Julio.
Eu seria um dos maiores entusiastas desse acontecimento, caso não ocorresse dessa forma. Mas, não consigo sequer ter um sopro de alegria. Por que será? Mais uma Lei como tantas outras vai suplantar um descaso tradicional cometido pelos dirigentes municipais contra o nosso ritmo principal?
Querem fazer como acontece com as cotas da Universidade? Não há educação de qualidade para todos, ai, cria-se uma lei para facilitar a entrada dos estudantes carentes nos cursos. Não existem políticas públicas adequadas para o frevo, ai força-se sua execução através de normas e leis?

A trajetória dos fazedores do frevo é demasiadamente penosa e cansativa. Passa-se por muitas dificuldades, e mesmo assim, não se tem sequer a esperança de melhoria do pensamento daqueles que sugam sua energia e propagam suas imagens como se fosse os reflexos de uma nação multicultural, onde tudo e todos são valorizados, num paraíso cultural surreal e extraordinário. O esforço por tanta dedicação a uma arte poderia ao menos ser recompensada com um mínimo de seriedade. O povo realmente tem memória curta!

Eduardo Araújo