NAS AULAS DOS GUERREIROS A GRANDE ESTRELA É O FREVO!

Veja algumas imagens e tire suas próprias conclusões.

UNIÃO ENTRE PASSISTAS, É POSSÍVEL?

OPINIÃO. Fala-se muito da necessidade de ver um dia a tão esperada união entre os passistas de frevo.

A FORÇA DA CAMISA AZUL

Nas aulas do Projeto Frevo na Praça, já foi possível observar que os professores dos Guerreiros do Passo, utilizam nos seus encontros semanais no bairro do Hipódromo...

MAX LEVAY REGISTRA OS GUERREIROS DO PASSO

O pernambucano Max Levay, profissional de reconhecido talento da arte da fotografia, fez um bonito registro dos Guerreiros do Passo no último mês de março. O artista produziu...

FOCO NO APRENDIZADO

Hoje em dia a busca por um melhor condicionamento na arte desenvolvida pelos famosos passistas de frevo, tem levado alguns praticantes a sair por ai pulando de aula em aula...

News - Camisas com a marca do grupo estão à venda por R$20 reais. / Site dos Guerreiros ultrapassa 300 mil visitas. / VOCÊ GOSTOU DO SITE? JÁ PARTICIPOU DE ALGUMA ATIVIDADE NOSSA? TEM ALGUMA SUGESTÃO? COMENTE, MANDE SUA MENSAGEM POR E-MAIL OU PELAS REDES SOCIAIS. DÊ SUA OPINIÃO E NOS AJUDE A APRIMORAR NOSSAS AÇÕES COM O FREVO. CERTAMENTE ISSO NOS AJUDARÁ BASTANTE A ENRIQUECER TODO O TRABALHO. OBRIGADO!

O primeiro passo

No último sábado pela manhã (21/09) dei início ao caminho em direção ao projeto que tomará completamente os professores dos Guerreiros do Passo nos próximos meses e durante o ano todo de 2014.
O tão anunciado Laboratório do Passo principiou simbolicamente na ocasião em que estive na residência do pesquisador e escritor Leonardo Dantas Silva, no bairro da Torre, Recife. Um lar acolhedor e inspirador ao mesmo tempo, seguido por uma conversa breve e cordial.
Uma oportunidade para debruçar em informações e conhecimentos enriquecedores. A impressão que senti ao sair de lá, foi como se estivesse participado de um minicurso intensivo dos assuntos do frevo, do passo propriamente dito. Presenteou-me com um valioso opúsculo “Ritmos e danças - Frevo”, que produziu no ano de 1978, por intermédio do Governo de Pernambuco.
Este material, do qual dispunha apenas de dois exemplares, acompanha um compacto simples com seis frevos instrumentais antológicos e não menos originais. Tornou-se o primeiro compêndio, a matéria-prima preciosa que abriu os estudos do Laboratório que executarei juntamente com meus companheiros de grupo. Lembrando que para isso, nos encontraremos muito bem apoiados em tamanha empreitada pelo Funcultura. A tarefa se mostra grandiosa e árdua, mas, disposição e energia certamente não nos faltarão. Avante Guerreiros... Evoé!
Eduardo Araújo

Frevos selecionados para o Festival da Prefeitura

Divulgadas as músicas para a finalíssima do I FESTIVAL DO FREVO DA HUMANIDADE 2013/2014. A lista está disponível no Diário Oficial do Município do dia 24/Set/2013 - Edição 111.
A entrega do CD está prevista para o mês de janeiro de 2014, sendo que o lançamento e a premiação dos vencedores serão no dia 09 de fevereiro de 2014, Dia do Frevo, no Teatro Luiz Mendonça, Parque Dona Lindu.




FREVO DE RUA
INSCRIÇÃO - 001
TITULO DA MÚSICA: PINZON NO FREVO
AUTOR: ADRIANO JOSÉ DA SILVA

NOME ARTÍSTICO: ADRIANO DO ACCORDION

INSCRIÇÃO - 006
TÍTULO DA MÚSICA: DOMINGOS DE CARNAVAL
AUTOR: JOSIAS LOPES DE LIMA

NOME ARTÍSTICO: JOSIAS LIMA

INSCRIÇÃO - 009
TÍTULO DA MÚSICA: ESSE É O TOM
AUTOR: CÉSAR MICHILES DE ASSUNÇÃO SILVA

NOME ARTÍSTICO: CÉSAR MICHILES
INSCRIÇÃO - 034
 
TÍTULO DA MÚSICA: ALICE É DE LASCAR
AUTOR: WALTER ADELINO DE SOUZA JÚNIOR

NOME ARTÍSTICO: WALTINHO D'SOUZA

INSCRIÇÃO - 036
TÍTULO DA MÚSICA: ATRAVESSANDO A RUA
AUTOR: LUIZ HENRIQUE ALBINO DE LIMA

NOME ARTÍSTICO: HENRIQUE ALBINO

INSCRIÇÃO - 054
TÍTULO DA MÚSICA: QUE SAUDADE SEU DOMINGOS
AUTOR: JOÃO ROBERTO DE SANTANA ALVES

NOME ARTÍSTICO: BETO HORTIS

INSCRIÇÃO - 056
TÍTULO DA MÚSICA: VAMOS VER
AUTOR: BRUNO RAFAEL CARDOSO DOS SANTOS

NOME ARTÍSTICO: BRUNO SANTOS

INSCRIÇÃO - 060
TÍTULO DA MÚSICA: FREVANDO COM RODRIGUES
AUTOR: ADRIANO RAMOS COELHO

NOME ARTÍSTICO: ADRIANO COELHO

FREVO DE BLOCO
INSCRIÇÃO - 003
TITULO DA MÚSICA: PASTORIL
AUTOR: JOSÉ MICHILES DA SILVA

NOME ARTÍSTICO: JOTA MICHILES

INSCRIÇÃO - 012
TÍTULO DA MÚSICA: PERFUME DA POESIA
AUTOR: RICARDO ANDRADE DA COSTA SILVA

NOME ARTÍSTICO: RICARDO ANDRADE

INSCRIÇÃO - 017
TÍTULO DA MÚSICA: REGRESSO DE "SONHO E FANTASIA"
AUTOR: SAMUEL DA SILVA VALENTA NETO

NOME ARTÍSTICO: SAMUEL VALENTE

INSCRIÇÃO - 026
TÍTULO DA MÚSICA: A LUZ DA PURPURINA
AUTOR: GETÚLIO DE SOUZA CAVALCANTI

NOME ARTÍSTICO: GETÚLIO CAVALCANTI

INSCRIÇÃO - 047
TÍTULO DA MÚSICA: CARTA PARA ROMERO AMORIM
AUTOR: JOÃO EDUARDO FARIAS DE ARAÚJO

NOME ARTÍSTICO: JOÃO ARAÚJO

INSCRIÇÃO - 051
TÍTULO DA MÚSICA: NO RECIFE PELO CAPIBARIBE
AUTOR: IVANAR NUNES DA SILVA PEREIRA

NOME ARTÍSTICO: IVANAR NUNES

INSCRIÇÃO - 086
TÍTULO DA MÚSICA: BLOCO DAS FLORES UMA DECLARAÇÃO DE AMOR
AUTOR: AMARO GOMES DOS SANTOS

NOME ARTÍSTICO: AMARO SAMBA
 
INSCRIÇÃO - 095
TÍTULO DA MÚSICA: RECIFE NO CORAÇÃO
AUTOR: EDUARDO HENRIQUE DE ARAÚJO SILVA

NOME ARTÍSTICO: DUDU DO ACORDEON

FREVO CANÇÃO
INSCRIÇÃO - 032
TITULO DA MÚSICA: ENQUANTO O FREVO NÃO PASSA
AUTOR: GETÚLIO DE SOUZA CAVALCANTI

NOME ARTÍSTICO: GETÚLIO CAVALCANTI

INSCRIÇÃO - 033
TÍTULO DA MÚSICA: NÃO SE ACANHE
AUTOR: FRANCISCO JOSÉ BIZERRA DE CARVALHO

NOME ARTÍSTICO: XICO BIZERRA

INSCRIÇÃO - 047
TÍTULO DA MÚSICA: VEM FREVAR
AUTOR: HUMBERTO ALIPIO CARDOSO NETO

NOME ARTÍSTICO: HUMBERTO CARDOSO

INSCRIÇÃO - 051
TÍTULO DA MÚSICA: DE ONDE SE AVISTA OLINDA
AUTOR: GISLENO RODRIGUES DE ALENCAR SILVA

NOME ARTÍSTICO: LENINHO
AUTOR: JOSÉ MARIA ALMEIDA MARQUES

NOME ARTÍSTICO: ZÉ MARIA

INSCRIÇÃO - 062
TÍTULO DA MÚSICA: QUEBRANDO SOLEIRA
AUTOR: JOSÉ MICHILES DA SILVA

NOME ARTÍSTICO: JOTA MICHILES

INSCRIÇÃO - 067
TÍTULO DA MÚSICA: LÁ VEM A CEROULA
AUTOR: BRÁULIO JOSÉ GOMES DE CASTRO

NOME ARTÍSTICO: BRÁULIO DE CASTRO
AUTOR: FÁTIMA MARIA GOMES DE CASTRO

NOME ARTÍSTICO: FÁTIMA DE CASTRO

INSCRIÇÃO - 114
TÍTULO DA MÚSICA: FOLIA NO CÉU
AUTOR: ROBERTO CLÁUDIO DA CRUZ

NOME ARTÍSTICO: ROBERTO CRUZ

INSCRIÇÃO - 152
TÍTULO DA MÚSICA: BAILE CELESTIAL
AUTOR: EDUARDO HENRIQUE DE ARAÚJO SILVA

NOME ARTÍSTICO: DUDU DO ACORDEON

Um mar de frevo

Quem passou pela Praça do Hipódromo neste último sábado, dia 21, pôde assistir um fenômeno de beleza sem igual. Em pleno mês de setembro o frevo tomou conta e mostrou sua força. A quantidade de pessoas envolvidas na aula foi impressionante, e quem testemunhou surpreendeu-se com tamanha alegria e colorido especial.



Companhia especializada da Polícia Militar de Pernambuco realiza parceria com os Guerreiros do Passo

Sgt Ana Lira e o 1° Ten. Jarmerson Junior
A Companhia Independente de Apoio ao Turista (CIATUR) organização da Polícia Militar de Pernambuco, instituiu no último sábado (14/09) parceria com o grupo Guerreiros do Passo para o suporte às atividades realizadas pelo Projeto Frevo na Praça no bairro do Hipódromo. O apoio será restrito aos eventos em que turistas e participantes de outros países estejam em visita ao espaço do Projeto.

Além do suporte fundamental na segurança no ambiente das aulas, as ações acontecerão também na comunicação com os estrangeiros, dando amparo afetuoso em relação aos visitantes que chegarem ao local com seu efetivo de policiais habilitados em diferentes idiomas.
Atualmente a companhia possui um número considerável de PMs, atuando em locais estratégicos no estado, levando segurança e compartilhando de sua força com iniciativas que enalteçam as riquezas culturais do nosso povo.

Para marcar simbolicamente a parceria, dois integrantes da CIATUR estiveram no Projeto Frevo na Praça no último sábado para celebrar o acontecimento: o 1° Ten. Jamerson Gomes de Queiroz Júnior e a Sargento Ana Kadidja Lira. Eles caíram no passo e provaram que estão integrados de corpo e alma na dança do frevo.

Os Guerreiros agradecem a importante parceria, e com isso, possibilita ampliar o conceito cultural do grupo, demonstrando articulação e responsabilidade na condução dos trabalhos desenvolvidos no bairro do Hipódromo. Viva a CIATUR, viva ao Frevo!!!!

TV GLOBO registra mais uma tarde dos Guerreiros do Passo na Praça do Hipódromo

Em um dos dias dedicados ao ritmo mais genuíno de Pernambuco (14 de setembro) os Guerreiros do Passo não deixaram a data passar em branco. E como sempre o grupo realizou um encontro pra lá de animado na Praça do Hipódromo. A TV Globo fez uma reportagem no local e exibiu a matéria no telejornal NETV 2ª edição no mesmo dia. Assistam ao vídeo e vejam as fotos, eles falam mais do que simples palavras.
Evoé!!!


NOTÍCIA ESPECIAL

GUERREIROS DO PASSO MAIS UMA VEZ SÃO CONTEMPLADOS PELO FUNCULTURA
Foi divulgado nesta sexta-feira (13/09) o resultado dos projetos selecionados pelo Sistema de Incentivo cultural do governo do Estado de Pernambuco (Funcultura - edital 2012/2013). E pela segunda vez consecutiva os Guerreiros do Passo são aprovados em seu pleito, garantindo a coroação do trabalho e proporcionando por mais um ano o apoio fundamental às suas iniciativas.

Atualmente os Guerreiros executam o incentivo dado ao Projeto Frevo na Praça, que é realizado semanalmente há oito anos no bairro do Hipódromo. A qualidade do trabalho e o sucesso das atuações do grupo, vêm possibilitando avaliações positivas na cena artística local, credenciando a equipe de professores a continuarem recebendo o merecido apoio institucional.

Tem sido um ano extraordinário de realizações e conquistas que vem chamado a atenção do público e da imprensa, com dançarinos e demais participantes do Projeto, cada vez mais integrados à filosofia de trabalho inspirada no legado do Mestre Nascimento do Passo.

Em 2014, entrará em cena o LABORATÓRIO DO PASSO, ação que já tinha sido realizada de forma experimental por duas ocasiões em 2011, e que visa o levantamento através de pesquisas históricas, de movimentos e passos do frevo que estão esquecidos ou são poucos exercitados pelos passistas de hoje. Uma pesquisa intensa que terá implicações importantes na dança do frevo, repassando continuamente aos passistas e profissionais da dança, elementos essenciais e informações valiosas que estão esquecidas no ritmo. Isso sim é Salvaguarda do Frevo!!!

Além de cada um dos nossos amigos e participantes do grupo, ficam os agradecimentos igualmente a todos os envolvidos diretamente na organização e confecção do projeto enviado ao Funcultura: nossa produtora Betânia Pessoa e Lucélia Albuquerque. Aos professores Valdemiro Neto, Gil Silva, Ricardo Napoleão e ao passista Alex Pontes. Grato também ao Governo do Estado de Pernambuco pela confiança.

Viva ao Frevo, viva ao Passo, Viva os Guerreiros do Passo!

Eduardo Araújo

As datas em homenagem ao Frevo

Para quem não sabe, o pernambucano tem quatro oportunidades durante o ano para celebrar de forma oficial seu ritmo maior. Além do 09 de fevereiro, o Frevo comemora dia festivo também em 06 de setembro, 14 de setembro e 1° de novembro. Com tantos motivos para exaltar a música e a dança genuínas do estado, fica a dúvida: Será que essas datas fornecem suficientemente a devida representatividade ao ritmo, ou confundem ainda mais as cabeças e mentes dos foliões desavisados?
Recentemente intitulado como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, o frevo exerce fascínio suficiente para ser reverenciado o ano inteiro, no entanto, se soubermos a origem de cada comemoração e compreendermos melhor os motivos de tanta festa, poderemos venerar com maior consciência os valores da terra. 

Conheça agora como se deu a concepção das diferentes datas, e em que época do ano podemos comemorá-las.

14 DE SETEMBRO - DIA NACIONAL DO FREVO
Conhecido como o Dia Nacional do Frevo, 14 de setembro já era popular bem antes da atual data que é comemorada pelos recifenses no mês de fevereiro. Segundo o pesquisador e escritor Leonardo Dantas Silva, em conversa informal, relatou que: “a data diz respeito ao nascimento do jornalista Osvaldo da Silva Almeida (cognominado de Paula Judeu), que nascera em 14 de setembro de 1882, e a ele era atribuída à criação da palavra "frevo"", referida por Valdemar de Oliveira no livro Frevo, Capoeira e Passo. Ainda segundo Dantas, “a data de 14 de setembro (Dia do nascimento de Paula Judeu), foi bastante comemorada pela EMETUR (Empresa Metropolitana de Turismo), extinta em 1979, tendo até um frevo instrumental de Nelson Ferreira alusivo”.

Acredito que esteja ai a origem da celebração neste mês, que, provavelmente, foi aproveitada pelos dirigentes públicos para ser lembrada em âmbito nacional. Porém, a data caiu em desuso por conta das investigações implementadas pelo pesquisador Evandro Rabelo no inicio da década de 1990, indicando 09 de fevereiro de 1907, como sendo a primeira vez em que o vocábulo “Frevo” surgiu num jornal do Recife.

Na contramão das descobertas locais, e sem levar em conta a nova data que passou a ser divulgada no Recife, o então Presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou um decreto em 13 de janeiro de 2009, juntamente com o ministro interino da Cultura, Alfredo de Pereira Mendes, instituindo várias datas para homenagear a música brasileira, dentre elas, estava o frevo. A partir disso, 14 de setembro passou a ser oficialmente, através de Lei Federal, o Dia Nacional do Frevo. Os registros anteriores devem ter justificado a escolha dessa data, entretanto, caracteriza-se como uma prova de que os responsáveis por ela não tiveram a devida sensibilidade e nem levaram em consideração o achado histórico anteriormente pesquisado, desrespeitando a memória cultural do nosso povo. 

9 DE FEVEREIRO -  DIA DO FREVO
Como relatamos acima, o pesquisador Evandro Rabelo na década de 1990, apresentou a informação inédita, deixando cair por terra a ideia de que seria o jornalista Osvaldo de Almeida o inventor da palavra Frevo. Para Rabelo, o primeiro registro aconteceu numa publicação do antigo Jornal Pequeno em 1907, em que o Clube Empalhadores do Feitosa (sediado na antiga localidade do Feitosa, hoje bairro do Hipódromo, no Recife) anunciava um ensaio da agremiação, e entre as canções previstas para serem executadas, uma tinha o título de O Frevo. O então vereador Valdemar Luís Borges, valendo-se das descobertas de Rabelo, propôs a criação de uma lei municipal, considerando 09 de fevereiro como o Dia do Frevo. A data passou a servir de base para diversos outros estudos e impulsionou os preparativos para a comemoração do centenário do ritmo em 2007. Neste ano, o Ministro da Cultura Gilberto Gil, junto com o IPHAM, concedeu ao mesmo, o título de Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil. 

6 DE SETEMBRO -  DIA DO FREVO DE BLOCO DE OLINDA
Também no mês de setembro, o público olindense tem seu dia dedicado às agremiações de Pau e corda. Comemorado pela primeira vez em 2012, o dia do Frevo de Bloco de Olinda é uma conquista da Liga dos Blocos Líricos de Pernambuco, criado através de lei municipal do vereador Ubiratan de Castro. Festejado anualmente no dia 06 de setembro, a data é uma homenagem a um grande carnavalesco já falecido e que dedicou sua vida aos blocos líricos, Teodomiro Pereira. 

1° DE NOVEMBRO - DIA DO FREVO DE BLOCO
Outro momento de reverenciar os blocos é no dia 1° de novembro. A data foi instituída em alusão ao centenário de nascimento do compositor Edgar Moraes, completados no ano de 2004. Edgar foi fundador de diversos blocos no carnaval e um dos principais responsáveis pelas mais belas páginas musicais do gênero. Edgar era conhecido no meio artístico como o "General Cinco Estrelas da Folia".
A lei que proclamou a data é do vereador Luiz Helvécio. Daí pra frente, as agremiações do gênero se reúnem anualmente na primeira noite do mês de novembro no Pátio de São Pedro, centro do Recife, para festejar o lirismo dos antigos carnavais e continuar firme com a tradição dos blocos de pau e corda.

Ter uma ou mais ocasiões para exaltarmos o frevo sempre será válido, o bom seria que fosse festejado todos os dias do ano. No entanto, mesmo existindo uma lei no Recife (não respeitada), que obriga sua execução nas rádios diariamente, o frevo vem lutando incansavelmente para manter sua hegemonia e sobreviver na atualidade sem perder a essência e os elementos que o caracterizam como a mais importante manifestação cultural do Nordeste do Brasil com uma dança e uma música buliçosas que agitam o povo pernambucano há mais de cem anos. Lembrando que seus adeptos têm um mês inteiro no período momesco para reverenciá-lo.
Para os Guerreiros do Passo, qualquer motivo é pretexto para dançar e ouvir frevo, pois, nos habituamos por meio do incentivo do Mestre Nascimento do Passo a vivenciá-lo o ano todo. Evoé!
Eduardo Araújo

Guerreiros do Passo recebem Voto de Aplauso

Fonte: Site da Câmara Municipal do Recife

Isabella de Roldão parabeniza grupo Guerreiros do Passo 
A vereadora Isabella de Roldão (PDT) parabenizou o grupo Guerreiros do Passo, pela passagem do 8° aniversário de fundação, completados no último dia 1. Os Guerreiros do Passo mantêm, na zona norte do Recife, um trabalho cultural denominado Projeto Frevo na Praça. A ação é realizada na Praça Tertuliano Feitosa, bairro Hipódromo, com oficinas e aulas gratuitas de dança, ministradas por uma equipe de cinco instrutores. “Eles dão aula de frevo, mesmo fora época do carnaval. Assim, o frevo continua vivo, pois sabemos que o nosso ritmo é mais valorizado no período carnavalesco. Todas as tardes de sábado e as noites de quarta, nós temos a possibilidade de aprender a nossa dança.”, disse.

Isabella de Roldão ressaltou que o trabalho do grupo deveria ser espalhado para outros bairros da cidade. “Vamos espalhar esse lindo trabalho, levar para outras praças e bairros do nosso Recife. Gostaria que a Casa conhecesse os Guerreiros do Passo, para que nós, junto com vocês do grupo, pudéssemos expandir toda essa ação. Parabenizo todos os que fazem parte da equipe, pela crença desse projeto rico e que tive o grande prazer de visitar.”, disse.
Em 03.09.13 às 16h42.
Alguns representantes do grupo se fizeram presentes na ocasião. Da esquerda para a direita estão: Laércio Olímpio, Daniele Costa, Valdemiro Neto, Vereadora Isabella de Roldão, Passista Limão, Lucélia Albuquerque e Eduardo Araújo.

1° de setembro, aniversário dos Guerreiros do Passo

Em nome da coordenação dos Guerreiros do Passo, professores e demais integrantes do grupo de dança, queremos fazer o registro de alguns agradecimentos.

A data oficial de aniversário dos Guerreiros do Passo é 1° DE SETEMBRO, mas, como o dia de atividades do grupo é no sábado, antecipamos a comemoração.

Em primeiro lugar, quero agradecer a uma pessoa que nos últimos dias e semanas tem tornado o Projeto Frevo na Praça ainda mais enriquecedor. Pessoa essa que vem abraçando de corpo e alma a luta que já travamos há algum tempo, demonstrando que a Salvaguarda do Frevo está mais além de criar mecanismos de promoção que visem apenas deixar o ritmo num livro, num vídeo, num museu. Claro, todos os mecanismos de preservação de nossas manifestações são importantes. Mas, mantê-lo na prática, existindo nas ruas, praças, VIVO, é mais do que essencial. É vital! E mais fundamental ainda para as novas gerações que estão ai, porque elas serão as multiplicadoras do que fazemos e temos de mais rico. Quero agradecer de todo coração a nossa amiga e Cantora Nena Queiroga. A pessoa responsável que mobilizou mundos e fundos para fazer a tarde de comemoração se tornar ainda mais especial.

Quero fazer os agradecimentos igualmente a outro anjo que surgiu em nossas vidas recentemente. Visitou a Praça do Hipódromo, conheceu de perto o trabalho do grupo, e a partir de agora será mais uma integrante entre os Guerreiros. Obrigado a Vereadora do Recife Isabella de Roldão pelo o apoio.

Quero mencionar também um amigo de longas datas que, além de nosso vizinho, sempre abraçou a causa do grupo e demonstrou isso por várias vezes. E neste momento não foi diferente. Obrigado a Sergio Campello por estender a mão amiga.

Também não podemos esquecer e dizer que sempre seremos gratos ao compositor e carnavalesco, Presidente do Clube Os Inocentes da Mustardinha Geraldo Silva, autor do frevo hino da troça O Indecente e do frevo Dona Lucélia, homenagem à professora do grupo.
Quero agradecer a presença ilustre do Maestro Mendes. Mendes e sua ORQUESTRA, o homem responsável pela gravação do hino da nossa troça e que já saiu em CD.

Outra lembrança importante neste momento é do nosso grande inspirador e amigo, que nos últimos tempos tem nos propiciado cada vez mais conhecimentos e valores frevísticos em conversas e em encontros da vida. Um pai para todos nós. Obrigado ao nobre folião Gilberto Nascimento.

Além de cada um dos amigos que estiveram na festa, tenho que dizer que o dia ficou na história e marcado em todos nós, principalmente porque eles estiveram presentes: o cantor Nonô Germano, o porta-estandarte Fernando Zacarias, maestro Hamilton Florentino, o carnavalesco Gabriel Novaes, Salatiel Correia, Gilberto Resende, Jamerson Junior, Joelmir Lopes, obrigado também ao passista Ferreira pela agradável surpresa, a Zado Cabral, Kleber Araújo e Valéria Vicente.

Também não posso esquecer de cada um dos nossos estimados e competentes professores. Sem eles não faria sentido este Projeto existir: obrigado a minha amada Lucélia Albuquerque, ao professor Valdemiro Neto, Ricardo Napoleão e Gil Silva, que junto aos outros brilhantes integrantes do grupo de dança, formam uma corporação cultural de valor inestimável: o Capoeira José Cabral, Laércio Olimpio, Jorge Alberto, Daniele Costa, o passista Limão e Edson Flavio.

Agradecer a passista e fotógrafa Rafaela Cristina, que fez a cobertura das imagens da tarde. Agradeço igualmente a outra Cristina, a Maria Cristina, Viviane Karla e Ellen Salez pelo apoio na organização dos comes e bebes, e agradecer igualmente a Hermínio por ter disponibilizado suas mesas e cadeiras.

Agradecer muitíssimo ao Governo do Estado de Pernambuco, que através do FUNCULTURA vem Incentivando as nossas ações, o que se tornou um marco em nosso trabalho e uma experiência extraordinária.

Obrigado ao responsável pela mais nova cara do frevo da cidade. Criador da LOGOMARCA dos Guerreiros, e de toda comunicação visual do grupo: o Designer Jorge Hopper. Agradeço também a Betânia Pessoa, nossa produtora, pela confiança e disposição em trabalhar pelo grupo.

Lembrando que tudo isso só faz sentido porque herdamos dele o que é mais essencial no frevo: a alegria e a garra em lutar pelo que é nosso. Viveremos continuamente a exaltar seu nome e levaremos adiante seu trabalho e sua história. Viva o Mestre NASCIMENTO DO PASSO!!!

E claro, obrigado a Ele: Deus!
Eduardo Araújo
Recife, 01 de setembro de 2013.