NAS AULAS DOS GUERREIROS A GRANDE ESTRELA É O FREVO!

Veja algumas imagens e tire suas próprias conclusões.

UNIÃO ENTRE PASSISTAS, É POSSÍVEL?

OPINIÃO. Fala-se muito da necessidade de ver um dia a tão esperada união entre os passistas de frevo.

A FORÇA DA CAMISA AZUL

Nas aulas do Projeto Frevo na Praça, já foi possível observar que os professores dos Guerreiros do Passo, utilizam nos seus encontros semanais no bairro do Hipódromo...

MAX LEVAY REGISTRA OS GUERREIROS DO PASSO

O pernambucano Max Levay, profissional de reconhecido talento da arte da fotografia, fez um bonito registro dos Guerreiros do Passo no último mês de março. O artista produziu...

FOCO NO APRENDIZADO

Hoje em dia a busca por um melhor condicionamento na arte desenvolvida pelos famosos passistas de frevo, tem levado alguns praticantes a sair por ai pulando de aula em aula...

News - Camisas com a marca do grupo estão à venda por R$20 reais. / Site dos Guerreiros ultrapassa 300 mil visitas. / VOCÊ GOSTOU DO SITE? JÁ PARTICIPOU DE ALGUMA ATIVIDADE NOSSA? TEM ALGUMA SUGESTÃO? COMENTE, MANDE SUA MENSAGEM POR E-MAIL OU PELAS REDES SOCIAIS. DÊ SUA OPINIÃO E NOS AJUDE A APRIMORAR NOSSAS AÇÕES COM O FREVO. CERTAMENTE ISSO NOS AJUDARÁ BASTANTE A ENRIQUECER TODO O TRABALHO. OBRIGADO!

Laboratório do Passo é lançado em grande estilo

Nesse sábado, 24 de maio, o grupo Guerreiros do Passo fez o lançamento do seu notabilizado Laboratório do Passo com a ilustre presença de grandes nomes do frevo. Personalidades como o escritor, jornalista e historiador Leonardo Dantas Silva e o Porta-estandarte, fundador do Galo da Madrugada, Fernando Zacarias deram mérito ao Laboratório. A ação será realizada mensalmente e tem o objetivo de fazer o levantamento de movimentos e passos do frevo que estão esquecidos ou são poucos praticados na atualidade pelos dançarinos. Os passistas José Ramos e José Clemente, ambos discípulos do Mestre Nascimento do Passo, também trouxeram suas experiências ao encontro.

Logo após a aula inicial com o Método Nascimento do Passo, deu-se inicio aos trabalhos do dia, com a formação de uma grande roda onde os convidados expuseram suas falas sobre o frevo e sobre o projeto criado pelos Guerreiros do Passo. Paralelamente, houve a exibição do primeiro passo pesquisado: o Currupio, movimento descrito pelo escritor Waldemar de Oliveira no seu livro Frevo, capoeira e passo.
A tarde também foi a oportunidade para a apresentação da equipe que vai ficar responsável pelas pesquisas e investigações do Laboratório, com a incorporação de dois profissionais convocados: o passista e preparador físico Alex Pontes e o passista folião Laércio Olímpio (Colibri). 
No próximo sábado, o Laboratório voltará a acontecer, sempre na Praça do Hipódromo a partir das 15 horas.


Guerreiros dão início ao Laboratório do Passo

Será iniciado neste final de semana (24/05) na Praça Tertuliano Feitosa, às 15 horas no bairro do Hipódromo, as oficinas do tão esperado Laboratório do Passo, projeto de pesquisa idealizado pelo grupo Guerreiros do Passo, que visa fazer uma investigação dos movimentos do frevo que estão esquecidos ou são pouco praticados pelos foliões e passistas de hoje.

O objetivo principal do projeto consiste em estimular o conhecimento e a prática das informações coreográficas perdidas e sua posterior multiplicação. Todo e qualquer enfoque trará o propósito da sensibilização e do encorajamento para a execução de passos e movimentos não mais realizados atualmente na dança do frevo, sem prejuízo ou deturpação dos que hoje existem.

Os Guerreiros do Passo promoveram por duas oportunidades em caráter experimental o Laboratório em 2011, tendo sido registrado na imprensa como uma iniciativa que fez parte da programação do XVI Festival Internacional de Dança do Recife daquele ano.

Para esta edição, o Projeto recebe o Incentivo do Governo de Pernambuco, através da lei Estadual de fomento à Cultura, FUNCULTURA.

O QUE É O LABORATÓRIO?
A preocupação em manter a tradição e criar mecanismos de investigação que possibilitem a experimentação e a adequação na atualidade de passos desaparecidos ao longo da história da dança do Frevo, norteia a ideia do Laboratório do Passo. Os trabalhos se estenderão por uma ano, e não irão girar apenas em torno de passos antigos. Nas práticas, também serão abertos diálogos em torno da possibilidade da criação de passos novos, sendo isso pertinente e se houver por parte dos profissionais envolvidos, o reconhecimento da necessidade de fazê-lo.

Aspectos intrínsecos do Método Nascimento do Passo, também serão abordados, especificamente as modalidades, famílias e variações, no intuito de aplicá-los às análises e desdobramentos dos movimentos antigos e atuais e suas possibilidades de releituras corporais. Desta forma, o Guerreiros do Passo visa estimular a busca do estabelecimento de um espaço para criações, exames, testes, descobertas e treinamentos que englobem o significado real da palavra laboratório, neste caso, o Laboratório do Passo. Estão previstas ainda, a realização de oficinas de Conserto e Montagem de Sombrinhas de frevo para o reaproveitamento dos materiais recicláveis do projeto.

Todas as informações colhidas durante a execução do projeto serão transformadas em relatórios que ficarão disponíveis em um banco de dados no site dos Guerreiros do Passo, contendo imagens, textos e vídeos para a devida consulta pública.

Os encontros do Laboratório do Passo possibilitarão a oportunidade de aproximação de estudiosos do tema, passistas, foliões, carnavalescos e dançarinos dos mais diversos estilos e escolas, todos envoltos numa mesma finalidade: tirar a poeira de conhecimentos característicos e essenciais da dança do frevo, salvaguardando-os não apenas em um museu, mas, no pensamento e nos pés das novas gerações.

A tarefa se mostra grandiosa e árdua, mas, disposição e energia certamente não nos faltarão. 
Avante Guerreiros... Evoé!

A praça é do frevo

Mais um final de semana movimentado no bairro do Hipódromo 
Uma legião de amantes do passo tomou o espaço interno da Praça Tertuliano Feitosa nesse último sábado para participar de mais uma aula com os Guerreiros do Passo. As atividades do Projeto Frevo na Praça já foram consagradas pelo público como um acontecimento habitual em favor da cultura local e uma exaltação ao ritmo principal do estado. Vejas as imagens do sábado, dia 17 de maio.