NAS AULAS DOS GUERREIROS A GRANDE ESTRELA É O FREVO!

Veja algumas imagens e tire suas próprias conclusões.

UNIÃO ENTRE PASSISTAS, É POSSÍVEL?

OPINIÃO. Fala-se muito da necessidade de ver um dia a tão esperada união entre os passistas de frevo.

A FORÇA DA CAMISA AZUL

Nas aulas do Projeto Frevo na Praça, já foi possível observar que os professores dos Guerreiros do Passo, utilizam nos seus encontros semanais no bairro do Hipódromo...

MAX LEVAY REGISTRA OS GUERREIROS DO PASSO

O pernambucano Max Levay, profissional de reconhecido talento da arte da fotografia, fez um bonito registro dos Guerreiros do Passo no último mês de março. O artista produziu...

FOCO NO APRENDIZADO

Hoje em dia a busca por um melhor condicionamento na arte desenvolvida pelos famosos passistas de frevo, tem levado alguns praticantes a sair por ai pulando de aula em aula...

News - Camisas com a marca do grupo estão à venda por R$20 reais. / Site dos Guerreiros ultrapassa 300 mil visitas. / VOCÊ GOSTOU DO SITE? JÁ PARTICIPOU DE ALGUMA ATIVIDADE NOSSA? TEM ALGUMA SUGESTÃO? COMENTE, MANDE SUA MENSAGEM POR E-MAIL OU PELAS REDES SOCIAIS. DÊ SUA OPINIÃO E NOS AJUDE A APRIMORAR NOSSAS AÇÕES COM O FREVO. CERTAMENTE ISSO NOS AJUDARÁ BASTANTE A ENRIQUECER TODO O TRABALHO. OBRIGADO!

Laboratório revisita três passos da metodologia do Mestre Nascimento do Passo

Na tarde do dia 26 de julho os Guerreiros colocaram em prática mais uma edição do Laboratório do Passo.
Dessa vez, os trabalhos giraram em torno de três passos conhecidos da metodologia do Mestre Nascimento, porém, que são poucos ou raramente praticados pelos passistas na atualidade. São eles: Enxada; Chave de cano e Ponta de pé e calcanhar embaixo. Foram esmiuçados os mecanismos de sua execução, com análises sobre o porquê de eles estarem sendo pouco utilizados pelos foliões. Aspectos da anatomia dos movimentos foram levantados, com vistas na segurança do passista ao realizá-los, evitando possíveis lesões na execução dos mesmos. Além dos instrutores do grupo, foi convidado novamente para os trabalhos, o passista e professor Ramos Frevo. Profissional discípulo de Nascimento do Passo, campeoníssimo em concursos de passistas e com larga bagagem na cultura pernambucana. Os participantes tiveram a oportunidade de colocar em prática os exercícios, esclarecer dúvidas, e ainda, puderam com a ação, ampliar seu repertório de movimentos na dança do frevo.

Laboratório do Passo volta a acontecer

Neste final de semana (26/07) os Guerreiros do Passo retornam com as atividades do seu Laboratório do Passo na Praça do Hipódromo, abordando nesta oportunidade aspectos do Método de ensino do Mestre Nascimento do Passo. Os trabalhos irão especificar três passos conhecidos de sua metodologia, porém, que são poucos ou raramente praticados pelos passistas na atualidade. Serão esmiuçados os mecanismos de execução desses movimentos, com analises sobre o porquê deles estarem sendo pouco utilizados pelos foliões. Para comandar os exercícios, além da presença dos professores do grupo - discípulos diretos de Nascimento do Passo -, a equipe terá a presença novamente do passista Ramos Frevo, profissional que herdou o legado cultural do Mestre, trazendo seus conhecimentos de longa vivencia com a dança do frevo.
O Laboratório do Passo tem o Incentivo do FUNCULTURA.

Obs. Os passos a serem trabalhados serão conhecidos in loco.

Reforço no som das aulas

Já é sabido que os Guerreiros do Passo propagam bastante a importância da audição dos diversos frevos nas suas aulas no Projeto Frevo na Praça. A partir disso, e devido ao crescente número de frequentadores, o grupo adquiriu há algumas semanas um novo equipamento de áudio. A intenção é reforçar a qualidade do som nos encontros da Praça do Hipódromo. Os participantes podem agora ouvir os repertórios musicais num nível adequado, sem estourar, inclusive, os professores estão utilizando microfones portáteis, permitindo que os ensinamentos possam chegar à todos de uma maneira mais eficiente e sem prejudicar a voz pelo esforço excessivo da fala.



















GUERREIROS DO PASSO: aqui o frevo acontece o ano todo, e agora com melhor sonoridade.

Guerreiros do Passo realizam Oficina de conserto e montagem de sombrinhas na Praça do Hipódromo

Na tarde do sábado (19/07), realizou-se na Praça do Hipódromo, local de atividades do Projeto Frevo na Praça, a primeira Oficina de conserto e montagem de sombrinhas de frevo. A ação integra as atividades previstas na programação do Laboratório do Passo, projeto incentivado pelo FUNCULTURA, que os Guerreiros do Passo executam durante todo este ano de 2014.

Neste primeiro encontro, os participantes tiveram a oportunidade de conhecer as necessidades de se recuperar o seu material de trabalho, como identificar problemas, montar e fazer pequenos reparos nas sombrinhas. De acordo com levantamento in loco, houve um bom aproveitamento por parte dos envolvidos e a produção da tarde foi utilizada na atividade seguinte. Todas as sombrinhas que os passistas usaram na aula de dança foram recuperadas por eles na Oficina de Conserto e Montagem de Sombrinhas do Laboratório do Passo. Veja alguma imagens.

Laboratório do Passo tem programação extra neste final de semana

Além das atividades com aula de dança do Projeto Frevo na Praça comandado pelos Guerreiros do Passo no bairro do Hipódromo, será realizado também neste sábado (19/07), antecedendo a tradicional aula do grupo, a primeira Oficina de Conserto e Montagem de Sombrinhas de Frevo. A oficina integra as ações do LABORATÓRIO DO PASSO, iniciativa que acontece mensalmente na Praça do Hipódromo.

A ação visa capacitar os participantes do projeto no ofício de conserto e montagem de sombrinhas, dando subsídios para os alunos adquirirem mais uma habilidade artística, e com isso, puderem recuperar o seu principal utensílio da dança do frevo. Os participantes obterão conhecimentos sobre como desmontar, selecionar, reparar e reconstruir a sombrinha, reciclando componentes e materiais não mais usados e que ainda podem ser reutilizados para a remontagem de outras peças ou compor partes fundamentais na estrutura das mesmas.

O que para muita gente é descartável, para os Guerreiros do Passo é a maneira encontrada para manter em dia os instrumentos básicos dos passistas, evitando que objetos plásticos e metais sejam lançados rapidamente no meio ambiente, ajudando a diminuir a degradação da natureza.
A mão de obra especializada que ficará responsável pelos ensinamentos é a própria equipe de professores dos Guerreiros, conjunto de profissionais que mantém vivo um hábito herdado do Mestre Nascimento do Passo.

Os trabalhos começam às 15 horas, acontecendo antes da tradicional aula de dança. A participação na oficina é critério fundamental para fazer parte da aula seguinte.

O Laboratório do Passo e as Oficinas de montagem e conserto de sombrinhas recebem o Incentivo do Governo do Estado, através do FUNCULTURA.

Aqui quem manda é o Frevo

Uma explosão de cores e estilos tomou conta da Praça do Hipódromo neste sábado (12/07), com o Projeto Frevo na Praça. Os Guerreiros do Passo mais uma vez levam um contingente expressivo de passistas no espaço que já se tornou o QG da folia e do frevo. Veja algumas imagens.

Espetáculo dos Guerreiros do Passo foi apresentando pela segunda vez no PAÇO DO FREVO

O espaço de referência na atualidade de valorização do frevo e importante centro cultural exclusivamente voltado para o ritmo maior do estado, o PAÇO DO FREVO, recebeu pela segunda vez neste ano (03/07/2014), mais uma apresentação do grupo Guerreiros do Passo e seu espetáculo intitulado O Frevo. Novamente, o público ficou extasiado pela exibição do trabalho e aplaudiu diversas vezes o grupo. Uma noite memorável que ficará por muito tempo na lembrança de todos que estiveram no lugar para prestigiar a apresentação. No final, o público juntou-se aos passistas e todos caíram no passo ao som de um buliçoso frevo de rua.
As fotos são de Eduardo Araújo e Rinaldo Almeida.

Projeto Frevo na Praça inicia suas atividades no segundo semestre de 2014

Praça do Hipódromo volta a receber a presença dos Guerreiros do Passo com o seu projeto Frevo na Praça. A aula do sábado (05/07) levou foliões e passistas ao encontro com ritmo autêntico de Pernambuco. Veja algumas imagens.