News - Praça do Hipódromo volta a receber as aulas do Projeto Frevo na Praça. / Camisas com a marca do grupo estão à venda por R$30 reais. / Site dos Guerreiros ultrapassa 285 mil visitas. / VOCÊ GOSTOU DO SITE? JÁ PARTICIPOU DE ALGUMA ATIVIDADE NOSSA? TEM ALGUMA SUGESTÃO? COMENTE, MANDE SUA MENSAGEM POR E-MAIL OU PELAS REDES SOCIAIS. DÊ SUA OPINIÃO E NOS AJUDE A APRIMORAR NOSSAS AÇÕES COM O FREVO. CERTAMENTE ISSO NOS AJUDARÁ BASTANTE A ENRIQUECER TODO O TRABALHO. OBRIGADO!

Coice de Cavalo foi apresentado no Laboratório do Passo

O Laboratório do Passo deste sábado (27/09) fez os passistas jogarem as pernas literalmente para o alto. Os trabalhos do dia giraram em torno do passo Coice de Cavalo, movimento executado por poucos dançarinos e que estava praticamente extinto das ruas do Recife. Realizado com as duas mãos no chão e com as pernas projetadas simultaneamente para cima, em ângulo de aproximadamente 120º graus, o passo tenta reproduzir o chute forte do animal que lhe dá o nome. Outra característica do movimento é que ele é um dos poucos  do ritmo em que se apoiam as mãos no chão. O desafio do momento é tentar inseri-lo entre as famílias e sequências de passos, com a intenção de fazê-lo existir normalmente nos corpos dançantes do frevo.
Mestre Nascimento do Passo e Jorge Marino - 1990
As pesquisas conseguiram uma imagem do passo em questão, sendo executado pelo Mestre Nascimento do Passo e o passista Jorge Marino, ambos fazendo o movimento na década de 1990, diante da Igreja da Sé em Olinda.

A contribuição das pesquisas realizadas pelo Laboratório do Passo está se tornando um marco em termos de levantamento histórico da dança do frevo. Os resultados alcançados estão surpreendendo à todos os envolvidos no estudo, e também, aos diversos participantes e passistas do projeto. De agora em diante, o compromisso dos Guerreiros é fazer que o Coice de Cavalo esteja vivo no pensamento e nos pés dos foliões, e possa incrementar o repertório coreográfico dos profissionais da área.

2 comentários:

  1. Que ótimo. Adorei! O coice de cavalo! Enquanto família poderia ser colocado junto com passo do zé e seus desdobramentos, não? Mas teria que criar um nome pra família. bj e parabéns

    ResponderExcluir
  2. Pode ser sim. Que surjam novas maneiras e outras ideias para fazer que este movimento continue existindo entre os passistas.

    ResponderExcluir