News - Diretoria do grupo cancela o reinício das aulas no restante do primeiro semestre de 2017. / Camisas com a marca do grupo estão sendo vendidas pelo valor de R$30 reais. / Site dos Guerreiros ultrapassa 270 mil visitas. / Para acompanhar o grupo nas redes sociais clique nos botões disponíveis nesta página. / VOCÊ GOSTOU DO SITE? JÁ PARTICIPOU DE ALGUMA ATIVIDADE NOSSA? TEM ALGUMA SUGESTÃO? COMENTE, MANDE UMA MENSAGEM POR E-MAIL OU PELAS REDES SOCIAIS. DÊ SUA OPINIÃO E NOS CONTE SOBRE A SUA EXPERIÊNCIA COM A DANÇA PERNAMBUCANA. CERTAMENTE ISSO NOS AJUDARÁ BASTANTE A ENRIQUECER TODO O TRABALHO. OBRIGADO!

Mais um entra na turma do azul

Na aula dessa quarta-feira (17/09) os Guerreiros do Passo elegeram mais um passista para integrar a equipe azul da instituição. O dançarino Otávio Bastos passa agora a ser homenageado pelos Guerreiros com a concessão do uso da camiseta azul. Qual o critério para receber a homenagem? Desde a sua implementação, a camisa azul é utilizada apenas por graduados ou aspirantes ao cargo de professor do grupo. O azul representa simbolicamente para os Guerreiros, a bagagem de um profissional do frevo que acata a prática metodológica do grupo e que fundamentalmente seja discípulo ou foi formado pelos discípulos do Mestre Nascimento do Passo. Ele deve respeitar seu legado e aplicar nas suas vivências artísticas a herança cultural do mestre e multiplicar seus ensinamentos. O azul é uma homenagem àqueles que no seu conjunto artístico carrega a autenticidade de um Guerreiro que pensa e respira frevo o ano inteiro. Até hoje apenas 10 pessoas têm autorização para vestir a camisa azul do grupo. São eles: Gil Silva, Valdemiro Neto, Lucélia Albuquerque, Eduardo Araújo, Ricardo Napoleão, Laércio Olímpio, Jorge Marino, Carlos Frevo, Teco Canindé e agora Otávio Bastos.

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário