News - Praça do Hipódromo volta a receber as aulas do Projeto Frevo na Praça. / Camisas com a marca do grupo estão à venda por R$30 reais. / Site dos Guerreiros ultrapassa 285 mil visitas. / VOCÊ GOSTOU DO SITE? JÁ PARTICIPOU DE ALGUMA ATIVIDADE NOSSA? TEM ALGUMA SUGESTÃO? COMENTE, MANDE SUA MENSAGEM POR E-MAIL OU PELAS REDES SOCIAIS. DÊ SUA OPINIÃO E NOS AJUDE A APRIMORAR NOSSAS AÇÕES COM O FREVO. CERTAMENTE ISSO NOS AJUDARÁ BASTANTE A ENRIQUECER TODO O TRABALHO. OBRIGADO!

Reconhecimento

A partir de suas atuações, os Guerreiros do Passo têm sido tema de diversas reportagens de jornal, TVs e sites na cidade, tendo recebido inclusive, registro em algumas obras literárias e em estudos acadêmicos no Brasil e no exterior. Os textos mencionam o grupo como uma instituição relevante para a dança do frevo, e citam a importância da manutenção de suas atividades com aulas de dança.

Uma das obras que faz referência ao grupo, é o livro produzido pela Prefeitura do Recife: Frevo - 100 anos de Folia, lançado para celebrar a passagem do centenário do ritmo em 2007.

Em 2010, o grupo volta a receber registro em obra literária, desta vez no livro da pesquisadora Valéria Vicente: Entre a ponta de pé e o calcanhar.

Em 2011, mais uma publicação cita o grupo. Desta vez no livro Frevo: síntese do Dossiê de Candidatura. A obra, como o mesmo nome diz, é um resumo de toda documentação que integrou a campanha para tornar o Frevo Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil.

Em 2012, os Guerreiros receberam registro no livro Arte-Educação: História e Práxis Pedagógica - Territórios Híbridos e Diálogos entre Linguagens de Rudimar Constâncio, editora SESC, que reúne entre outros trabalhos, um resumo da monografia de Lucélia Albuquerque que aborda o grupo como assunto central. Esta monografia fez parte da Especialização de Lucélia em História da Cultura Pernambucana pela FAFIRE.
O mais recente escrito literário em que os Guerreiros são mencionados aconteceu em 2015, inclusive, tendo alguns dos seus integrantes fazendo parte das fotos da obra. Frevo para aprender e ensinar, é mais uma produção da escritora e pesquisadora Valéria Vicente e de Giorrdani de Souza. 

Trabalhos acadêmicos também utilizaram os Guerreiros como tema central dos seus textos. Um dos documentos foi de 2008, da bacharela em sociologia Rubiane Lopes, pela Universidade Federal Rural de Pernambuco; e outro foi da arte-educadora Lucélia Albuquerque de Queiroz, pela Faculdade FAFIRE do Recife, em 2009. O referido trabalho serviu para integrar o livro História e Práxis Pedagógica do qual mencionamos acima.

Em 2016, os Guerreiros do Passo tiveram a oportunidade de mostrar sua arte em vídeo. No mês de fevereiro do ano, aconteceu no Museu Paço do Frevo, o lançamento do Documentário: Orquestrão - A maior orquestra de frevo do mundo, no qual o grupo Guerreiros do Passo participa das filmagens. O documentário é baseado na formação de uma orquestra de quase 200 músicos que fecha o carnaval do Recife, comandada pelo Maestro Spok.

Alguns anos antes (2009), o grupo participou das filmagens no Recife do documentário realizado para o projeto de conclusão de Mestrado da estudante Jaqueline Carvalho-Sullivan da Escola de Cinema Digital do Estado da Califórnia, EUA. Em abril de 2010, foi realizado com o grupo filmagens do documentário de vídeo Renascimento do Passo, produzido por estudantes de jornalismo da Universidade Católica de Pernambuco. O documentário faz alusão à vida do Mestre Nascimento do Passo. Os Guerreiros participaram com depoimentos de alguns dos seus integrantes e com imagens do projeto desenvolvido na Praça do Hipódromo.

Em 2012, a TV BRASIL, emissora pública do Governo Federal, realizou com o grupo, gravações do programa Expedições. A jornalista Paula Saldanha e toda a sua equipe colheram depoimentos, entrevistas e fizeram diversas imagens das atividades do projeto promovido na Praça do Hipódromo. As filmagens foram veiculadas no mesmo ano em rede nacional.
Todas estas citações referentes às atuações do grupo vêm despertando o interesse de pesquisadores e profissionais do Brasil e do exterior. Em 2012, a oficina mantida na Praça do Hipódromo recebeu a visita do Professor e Mestre em Educação Física Chikashi Kambe, da Tokyo Gakugai University, universidade situada na cidade de Tóquio, Japão. O educador desde 2009, já vinha fazendo pesquisas com os Guerreiros com e em 2012, o docente apresentou um trabalho sobre as atuações do grupo num Congresso de Educação Física realizado em seu país.

Em fevereiro de 2013, uma equipe de TV  australiana registrou imagens do grupo de apresentações dos Guerreiros para um documentário referente aos jogos da Copa do Mundo que foram realizados no Brasil em 2014. O ambiente de gravação ocorreu no Recife Antigo. A reportagem foi veiculada no país de origem da emissora.

Para ter acesso as reportagens de TV, jornais e sites sobre o grupo, é só clicar no menu principal da página no item Imprensa.

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário